Inverno chega e médicos alertam para prevenção de doenças

O inverno começou nesta segunda-feira (21) em todo o hemisfério sul. Com a chegada da estação mais fria do ano, é necessário ficar atento e se prevenir contra as doenças respiratórias, que costumam ter maior incidência neste período.

“Com o tempo seco e frio, há maior incidência de resfriado, gripe, asma, bronquite, sinusite e otite. No entanto, devido à pandemia de Covid-19, houve aumento de casos de pneumonias”, afirmou otorrinolaringologista Waldecir Veni Sacchetin, do Instituto Sacchetin.

Dhoje Interior
Os otorrinolaringologistas Waldecir Veni Sacchetin e Evandro Marton Silva. Foto: Divulgação

Segundo o médico, as principais doenças do inverno são as doenças respiratórias transmissíveis, como resfriados e gripes, além do agravamento de outras como rinite, asma, sinusite, otite e pneumonia. “Isso acontece porque o clima deste período, principalmente na nossa região que fica com baixa umidade do ar, favorece a circulação de vírus e bactérias”, explicou Sacchetin.

Para se proteger e evitar estas doenças, incluindo a Covid-19, é recomendado as seguintes ações: evitar locais fechados e com aglomeração; deixar o ambiente arejado e ventilado; lavar as mãos e as higienizar com álcool gel várias vezes ao dia; cobrir a boca e o nariz ao espirrar ou tossir, preferencialmente com lenço de papel descartável; comer bem e de forma saudável, com dieta rica em frutas e verduras, pois são ricos em antioxidantes e minerais que ajudam a melhorar a imunidade e ter uma boa hidratação, bebendo mais de 2 litros de água por dia.

Outra recomendação é se vacinar contra a gripe. Em Rio Preto, a imunização está sendo realizada nas unidades de saúde das 8h às 16h30. Os endereços podem ser conferidos em www.riopreto.sp.gov.br/mapavacinas.

“Esta vacinação é especialmente importante para idosos, crianças, gestantes, diabéticos e portadores de doenças pulmonares, cardíacas ou autoimunes, pois essas pessoas podem desenvolver quadros mais graves de gripe e de pneumonia”, explicou o otorrinolaringologista Evandro Marton da Silva, também do Instituto Sacchetin.

O médico ainda deu dicas para ser prevenir das famosas “ites” (rinite, sinusite, laringite, bronquite e faringite). “Devemos evitar o contato com lugares como poeiras, fumaça, locais úmidos ou com mofo, além de evitar se expor às mudanças bruscas de temperatura. Além disso, é importante não fumar, ou abandonar esse hábito, e cuidar da voz. Para complementar essa medida, é importante ter alimentação balanceada, praticar exercícios, se agasalhar nos dias frios e cumprir o calendário de vacinação”, comentou Silva.

Por Vinicius LIMA – redação Jornal DHoje Interior