Idosa atropelada por caminhão morre após ficar 71 dias internada

Hospital de Base de Rio Preto realiza atendimentos privados e via SUS

Judite Antônia da Silva Barbosa, de 64 anos, morreu à 1h24 deste domingo, 22, no Hospital de Base de Rio Preto, onde deu entrada no dia 12 de março, após ser atropelada por um caminhão.

Segundo o boletim de ocorrência, o acidente aconteceu em Nova Granada e a vítima apresentou piora clínica progressiva, mantendo-se dependente de ventilação mecânica, com alguns episódios de broncaspiração e infecções de repetição.

A paciente, de acordo com o registro policial, “apresentou PCR no início de maio, em leito de semi intensiva após, retornando a circulação espontânea após 10 minutos de
RCP. Discutido com familiares e com equipe de cuidados paliativos, optando-se por medidas de conforto exclusivo, sem novas medidas invasivas”.

Médica que atestou o óbito colocou politrauma grave como hipótese diagnóstica. No Plantão, foi emitida requisição de exame necroscópico junto ao IML rio-pretense.

Da REPORTAGEM – Dhoje Interior