Hospital Nossa Senhora da Paz recebe oferta de compra de R$23,6 mi;valor maior que lance mínimo

Novela da venda do prédio que dura quase duas décadas pode chegar ao fim_foto_Sérgio SAMPAIO

Três propostas de compra do Hospital Nossa Senhora da Paz foram feitas nesta sexta-feira (17) sendo que uma delas foi de R$ 23.600.000,00 ultrapassando o valor mínimo definido pela Justiça do Trabalho em R$ 56 mil. O valor mínimo corresponde a 60% da avaliação total do imóvel (R$ 39.240.000,00).

Essa proposta foi feita por uma empresa da cidade de São Paulo CV Hauss 01- Empreendimento Imobiliário SPE Ltda. Segundo o Flávio Tomé, advogado que representa grupo majoritário de ex-funcionários, a proposta pagaria de  uma única vez o valor total.

Dhoje Interior

No que diz respeito aos credores relacionados às ações trabalhistas Tomé salienta que são cerca de 300 ex-funcionários que tem valores a receber que somam aproximadamente R$ 16 milhões.

Outras duas propostas também foi feitas na data limite ambas apresentando o valor mínimo de R$ 19.620.000,00 – sendo que as duas propuseram uma entrada de 30% do valor, ou seja, R$5.886.000,00 – o diferencial é a forma de pagamento do saldo restante.

A empresa ABC3+Holding Ltda sediada em Rio Preto e que possui escritórios em São Carlos, Nova Iorque e Miami nos Estados Unidos ofertou o pagamento do saldo em duas parcelas de R$ 6.867.000,00.

Já a outra proposta feita por um grupo de empresas Maika Empreendimentos e Participações Ltda, M.Azevedo Participações S/A, Sbozzo Participações e Investimentos Ltda e um médico todos de Uberlândia foi de quitar o saldo em 25 parcelas de R$ 549.360,00.

Segundo Tomé agora a Justiça tem entre 10 e 15 dias para avaliar todas a propostas e dar sua decisão.

Rejeitadas – No mês de agosto duas propostas foram rejeitadas pela justiça um por ter sido abaixo do valor mínimo e a outra por ter sido apresentada por um corretor que não estava credenciado pela justiça.

Desta vez as três propostas atingiram os valores exigidos e foram apresentadas para o corretor credenciado Júlio César Cardoso.

Agora a expectativa é grande por parte dos ex-funcionários do Hospital Nossa Senhora da Paz que estão a quase duas décadas esperando um resultado final desta novela que se transformou a venda do prédio.

O imóvel que tem 12.030 m² de terreno e área construída de 9.295 m² e fica localizado em região valorizada de Rio Preto na Avenida Anísio Haddad.

Por Sérgio SAMPAIO – Da Redação DHoje Interior