Homem é preso após agredir a mãe portadora de Alzeheimer

Um pintor de 49 anos foi acusado de agredir a própria mãe, uma aposentada de 71 anos, portadora da doença de Alzeheimer.

Segundo o boletim de ocorrência, o caso ocorreu na noite da segunda-feira (26) no Jardim Novo Mundo, em Rio Preto.

De acordo com o registro, a idosa deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Tangará com marcas no rosto, que teriam sido dadas pelo filho após uma briga por causa de um colchão.

Questionado sobre os fatos, o suspeito confessou ter agredido a mãe com quatro tapas no rosto após o pai ter urinado na cama e ela se recusar a trocar o colchão.

O caso foi registrado como violência doméstica e familiar contra a mulher e o homem foi preso em flagrante em preventiva. A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar o caso.

Da REPORTAGEM

(Colaborou Arthur AVILA)