Hemocentro de Olímpia está com estoque crítico

O estoque do Hemocentro de Olímpia está baixo. O número de doadores é muito pequeno e devido ao coronavírus muitas pessoas estão deixando de doar. De acordo com Tassio José Domingues de Carvalho Silva, gerente médico da unidade de hemoterapia de Olímpia, o estoque do município como em toda rede é crítico.

“Temos que gerenciar dia a dia as doações do toda rede porque o número de doações é muito pequeno. Eu costumo ter uma média de 15 doações dia aqui em Olímpia, que é uma unidade pequena. Para se ter ideia nesta segunda-feira, dia 30 de março, conseguimos cinco bolsas. Está bastante difícil em virtude dessa questão do coronavírus”, explica.

Dhoje Interior

Ele salienta que neste momento o esforço para que as pessoas realizem as doações são ainda maiores, mas seguindo todas as orientações e precauções necessárias os doadores podem ir até o hemocentro sem medo.

“O hemocentro tem seguido todas as normas emanadas pelo Ministério da Saúde no sentido de proteger o doador. Eu digo que os hemocentros talvez sejam mais seguros que as nossas casas, devido as procedimentos de qualidade, higiene, que nós temos que ter pelas próprias normas vigentes da política nacional do sangue”, frisa.

Para aqueles que desejam ser um doador ou que já são, para realizar a doação precisa fazer um agendamento.

“Nós temos pedido para as pessoas agendarem para que não haja aglomeração dentro da unidade. Quem tem acompanhante fica no jardim aguardando, e nós temos a capacidade de coletar quatro bolsas ao mesmo tempo. Mantendo todas aquelas questões de dois metros de distância. Essas são as orientações, mas nós estamos pedindo aos doadores que venham em número pequeno e se possível agendando a doação”, salienta.

É importante lembrar que o doador deve ir bem alimentado, hidratado, com uma noite de sono bem dormida para que não traga nenhum tipo de reação de coleta.

Em relação as cirurgias que precisam de bolsas de sangue, o doutor Tassio comenta que “as cirurgias eletivas estão canceladas. Mas o que demanda mais sangue não é a cirurgia eletiva é a de urgência e as urgências não param, continuam ocorrendo. Então uma expressão que eu gosto de usar para que as pessoas entendam de forma bem clara é que nós temos sim que ter muito cuidado com a questão do coronavírus, mas falta de sangue também mata”.

Uma questão importante neste momento em relação ao Coronavírus e a doação de sangue, de acordo com o gerente médico, é “sobre o possível contato de pessoas com algum caso suspeito, ou um caso seguramente diagnosticado é preciso que haja um período de
30 dias entre ter ficado doente ou ter tido contato para que possa efetuar a doação”.

E conclui que “é importante lembrar que sangue não se fabrica. Se o doador não repuser o sangue que foi usado por outra pessoa, não tem como as pessoas que vão precisar depois desse sangue serem atendidas. É um período que normalmente as doações diminuem mesmo, terminaram as férias as pessoas voltam ao trabalho, começa agora o mês de abril, maio, junho que a temperatura cai um pouquinho então já é um período do ano que as doações diminuem. Então é bom alertar disso e alertar a questão do coronavírus. As coisas continuam. As outras doenças continuam. A gente está falando muito do corona, mas as outras doenças continuam acontecendo, as pessoas continuam sendo internadas pelas outras patologias que sempre existiram”.

QUEM PODE DOAR

Estar em boas condições de saúde.
Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos, clique para ver documentos necessários e formulário de autorização).
Pesar no mínimo 50kg.
Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas).
Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação).
Apresentar documento original com foto recente, que permita a identificação do candidato, emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social, Carteira Nacional de Habilitação e RNE-Registro Nacional de Estrangeiro*).

SERVIÇO

Hemocentro de Olímpia
Endereço: R. Síria, 190 – Centro, Olímpia – SP
Horário de funcionamento: De Segunda-feira a sábado, das 7h às 12h
Telefone: (17) 3281-6288

Isabela MARTINS