HB registra em janeiro 3º maior número de internações por Covid-19

O Complexo Funfarme, que abrange o Hospital de Base e o Hospital da Criança e Maternidade, registrou 498 internações de pacientes com Covid-19 durante o mês de janeiro em 2021. O número é o terceiro maior desde o início da pandemia, ficando atrás de julho (570) e agosto (568), período do pico de casos.

Atualmente o HB conta com 163 pacientes internados, sendo 81 em enfermaria e 82 na UTI.  Nas últimas 24 horas foram registradas 13 altas hospitalares e três óbitos. No HCM não há nenhuma criança internada com Covid-19 nesta sexta-feira (5).  Até o dia 4, a Funfarme contabiliza 53 novas internações no mês de fevereiro.

Dhoje Interior

Desde o início da pandemia, já foram realizados 3.417 atendimentos, com 2.490 altas e 769 óbitos. As cidades com mais atendimentos são: Rio Preto (1.101), Mirassol (301), José Bonifácio (147), Guapiaçu (133) e Tanabi (125).

Internações no município

Durante a live desta sexta-feira (5), a Secretaria de Saúde de Rio Preto informou que a cidade contabiliza atualmente 228 pacientes internados com síndrome respiratória aguda grave (SRAG), sendo 79 em UTI e 149 em enfermaria. Dentre os casos já confirmados com Covid-19 são 132 internações, com 62 em UTI e 72 em enfermaria. A taxa de ocupação de UTIs é de 59% no município.

“Nós estamos vendo o contrário do que vimos em janeiro, com uma queda de internações. Estávamos na dúvida se seria uma segunda onda ou consequência das festas de fim de ano. Neste momento posso afirmar que não estamos na segunda onda, foi um pico por causa do fim de ano, pois caso o contrário, não teríamos essa diminuição. A taxa de ocupação não se deve apenas a abertura de leitos, mas também a redução de internações. Isso prova que aglomeração é a principal causa do aumento de casos”, afirmou o secretário de saúde Aldenis Borim.

Por Vinicius LIMA – redação Jornal DHoje Interior