Fiscalização em bares e festas multa 377 pessoas; valor chega a R$ 475 mil

A Guarda Civil Municipal, em conjunto com a Vigilância Sanitária, Fiscais de Posturas, Polícia Militar e Vara da Infância e Juventude, realizou operações na noite deste sábado (12) e sexta-feira (11) e autuou 377 pessoas.

Cada autuação é de 20 UFM (Unidade Fiscal Municipal), o que dá em torno de R$1.260,00 por pessoa que desrespeitar os decretos vigentes de combate à disseminação da Covid-19. Juntando as 377 pessoas multadas, dá um valor de mais de R$ 475 mil.

Dhoje Interior

Segundo a GCM, a fiscalização encontrou festas clandestinas e bares lotados, com os frequentadores sem máscaras de proteção e sem distanciamento social.

Foram duas festas clandestinas, uma no bairro Recanto dos 18 e outra no Bela Vsta, além de cinco bares autuados, sendo um interditado por 15 dias. Se houver reincidência poderá ser lacrado em definitivo. Isso no sábado (12).

Sexta-feira

Na sexta-feira (11) a noite, GCM, Vara da Infância e Juventude e Polícia Militar também debelaram várias aglomerações, sendo uma no Júpiter Olímpico onde haviam 14 maiores e 7 menores; outra na praça Mariana Dallul (em frente a Represa) com aproximadamente 40 pessoas que se dispersaram com a chegada das viaturas; uma festa de aniversário do Parque dos Pássaros com aproximadamente 80 pessoas; além de um serv festa que foi autuado por descumprir as regras do decreto vigente.

As pessoas que estavam no Júpiter Olímpico, na praça e no aniversário foram autuadas.

A GCM reitera a informação de que “todos os frequentadores de estabelecimentos comerciais, como bares, restaurantes, shoppings e festas clandestinas estão sujeitos à multa, não somente o proprietário. Havendo aglomeração, as pessoas, como corresponsáveis, devem se retirar do local”, diz Roger Assis do setor de comunicação da GCM.

Por Andressa ZAFALON