Filho tem dificuldade para enterrar pai por falta de documento

Foto ARQUIVO/DHOJE

Um técnico em contabilidade recorreu à polícia para tentar liberação do corpo do pai para enterrá-lo, na madrugada desta terça-feira, em Rio Preto. O homem de 59 anos que estava em situação de rua, não foi identificado por não portar nenhum documento.
De acordo com informações do boletim de ocorrência, o filho, de 41 anos, foi até a Central de Flagrantes e explicou que havia recebido a notícia de que o pai dele, de 59 anos, que não via há bastante tempo por estar morando na rua, havia falecido no Hospital Santa Casa.

“Ele deu entrada sem documento nenhum. Foi internado com uma pneumonia que evoluiu para uma infecção. Ele teve uma parada cardíaca e não suportou”, comentou o filho.

Dhoje Interior

Ainda segundo a ocorrência, o único documento que possui do pai é uma certidão de casamento. Como é exigido um documento pessoal da pessoa falecida, o filho não estava conseguido liberação do corpo do pai para enterrá-lo.

O homem foi orientado pelos funcionários do hospital para registrar o boletim de ocorrência e, por fim, conseguiu a liberação do corpo do pai.

“Ele tinha problemas com álcool e optou por morar nas ruas. Acredito que ele tenha perdido todos os documentos”, comentou. Colaborou Thais Lobato

 

Por Thais Covre