Faixaço une movimentos de esquerda e pede saída de Bolsonaro

Como vem acontecendo há mais de um ano e pelo menos duas vezes por mês, entidades ligadas a movimentos de esquerda se uniram no sábado (1), feriado, para comemorar o Dia do Trabalho, reivindicar vacina e pedir a saída do Presidente Jair Bolsonaro.

O ato aconteceu no sábado de manhã, no pontilhão da Rodovia Washington Luís, em cima da Avenida Alberto Andaló.

Dhoje Interior

Ao som de panelaço e faixas escritas #ForaBolsonaro, #vacinanobraço e #comidanoprato, o Comitê Popular Lula Livre, o Coletivo Feminista Elas por Elas, a CUT, o PT e a Juventude do PT, todos de Rio Preto, pediram, inclusive, auxílios emergenciais para desempregados e empresas.

“São os trabalhadores que efetivamente fazem esse país andar e a melhor homenagem é lutarmos pela sua sobrevivência, exigindo vacina gratuita para todos, auxílio emergencial de R$ 600 para os que estão desempregados e auxílio emergencial para impedir que as pequenas e microempresas fechem suas portas e desempreguem mais trabalhadores”, afirma Cristiane Guito, integrante do Comitê Lula Livre de Rio Preto

Os faixaços são organizados pelo grupo sem divulgar o local com antecedência, para evitar aglomerações.

Por Andressa ZAFALON