Estudantes poderão receber bolsa-auxílio a partir de março

Uma iniciativa do Governo Federal em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia beneficiará estudantes que estiverem matriculados em cursos de qualificação do programa federal Via Rápida a partir de 1 de março.

O programa prevê que estes estudantes recebam o bolsa-auxílio no valor de R$210,00 como forma de ajudar no custeamento do transporte e alimentação. O pagamento será disponibilizado após 10 dias de aula através de código bancário que o aluno usará para sacar em caixa eletrônico. O recurso valerá também para os cursos de 60 a 160 horas do SP Tech e SP Criativo.

Dhoje Interior

Os alunos terão 10 opções de cursos profissionalizantes e as aulas poderão ser presenciais ou remotas. No caso das aulas presenciais serão ministradas nos espaços oferecidos pelo Centro Paula Souza, Senac e Municípios, enquanto as aulas remotas serão ministradas através das plataformas Microsoft Teams ou Google Meet.

Em Rio Preto, por enquanto, há apenas uma opção de curso disponível dentro deste programa, que é o curso de qualificação na área de turismo, hospitalidade e lazer, onde o objetivo é capacitar o aluno para atender os clientes em bares, cafés ou restaurantes, além de prepará-lo para atuar em eventos e festas. A carga horária deste curso é de 80 horas aula.

Para o estudante ter direito ao bolsa-auxílio precisará ser maior de 16 anos, estar desempregado, morar no Estado de São Paulo, não pode ser beneficiário de seguro-desemprego e e é necessário estar frequente no curso.

Até o final de 2021, serão ofertadas 30 mil vagas de qualificação profissional com bolsa-auxílio no Estado de São Paulo.

As informações sobre o auxílio do programa Via Rápida poderão ser consultadas no site www.cursosviarapida.sp.gov.br. Inscrições começam nesse mesmo site na primeira semana de março.

Por Andressa ZAFALON