Espetáculo da China é destaque nos últimos dias do 2° FestFIM

Em três dias de evento e mais de 60 horas de atividades e espetáculos culturais, o FestFIM – Festival de Artes do Fim do Mundo, chega no final da programação, que vem acontecendo no site da Cia. Apocalíptica (www.ciaapocaliptica.com/) e nas mídias sociais YouTube, Facebook e Instagram (@cia.apocaliptica) desde segunda-feira, dia 29 de março. 

No penúltimo dia, sábado (3), o destaque fica com Flávia Piquera e Kauê de Oliveira, que apresentam o espetáculo Percutería Flamenca, às 19h. Após, às 20h, o Grupo de Teatro Girassol, apresenta a peça “Mar me quer”, que conta a história de amor e conquista à beira do mar, com segredos e confissões, entre Luarmina e o despreocupado Zeca Perpétuo. O artista Duo Passarim realiza a estreia do seu solo “Versos de Quarentena ou o Sarau do Fim do Mundo” e às 22h e o Grupo AL Borde apresenta “Vaca”, que tem como ponto de partida o universo das amantes. 

Dhoje Interior

 E fechando a programação no domingo (4), a Cia Cornucópia de Teatro, de Ribeirão Preto, apresenta às 17h “Um Golinho Só”, que apresenta uma visão acerca da água, esse elemento natural tão utilizado. Já a Companhia de Danças de Diadema realiza o premiado “Força Fluida” e a Cia. TecnoMágicas de Santo André, encantará os telespectadores às 21h com o “IllusiOnLine – Mágica Virtual”.  

Neste dia, o Festival receberá uma apresentação especial do espetáculo “Humans in Shanghai”, da (China). 

Mais informações sobre a 2ª FestFIM estão disponíveis no link www.ciaapocaliptica.com/festfim2. 

da REDAÇÃO