Escola em Olímpia promove festival dos Jogos Paralímpicos para incentivar inclusão

A escola municipal Santo Seno em Olímpia está preparando um Festival dos Jogos Paralímpicos em referência à competição realizada em Tóquio. O objetivo é promover o envolvimento dos alunos no universo esportivo e o conhecimento sobre as Paralimpíadas.

A escola também introduz as crianças a enfrentar os desafios das diferentes deficiências. Isso porque, além de aulas teóricas, os alunos estão assistindo a jogos para compreender as disputas e também estão praticando algumas modalidades para vivenciar a experiência.

Dhoje Interior

Entre os esportes trabalhados estão o goalball, atletismo para deficiente visual, vôlei sentado, bocha, lançamento de dardo e disco e arremesso de peso. As atividades estão sendo coordenadas pelos professores de Educação Física, Edson Gonçalves Junior e Bruna Bonito, com apoio dos demais professores e funcionários, equipe gestora da escola e da secretaria de Educação. O festival com a apresentação dos jogos será realizado no dia 16 de setembro (quinta-feira), a partir das 10 horas.

A escola também foi uma das que desenvolveu modalidades dos Jogos Olímpicos, no último mês, e está participando ainda do Desafio Escolar – Revezamento da Tocha, uma ação do Programa Impulsiona, promovido pelo Instituto Península em parceria com o Ministério da Educação, com o objetivo de promover a educação esportiva, valorizando o esporte e auxiliando os professores e alunos a praticá-los na comunidade escolar.

A inclusão nas escolas do município ocorre desde 2010 e tem como objetivo incluir todas as crianças com Deficiência e Transtornos Específicos da Aprendizagem. A secretaria de Educação desenvolve projetos voltados para alunos público-alvo da Educação Especial Inclusiva como Projeto de Transtornos Específicos da Aprendizagem, Reabilitação em Multimídia e o Projeto Libras na Escola.

O Atendimento Educacional Especializado (AEE) e os Projetos da Educação Especial Inclusiva são ministrados por professores especialistas, nas diferentes modalidades creche, pré-escola, ensino fundamental e educação de jovens e adultos (EJA). Atualmente, a rede municipal conta com 131 alunos com deficiência e 115 alunos com Transtornos Específicos da Aprendizagem. A EMEB Santo Seno atende 17 alunos com deficiência: Síndrome de Down, Transtorno do Espectro Autista (TEA), Deficiência visual, auditiva, física e  intelectual,  entre outras.

Da REDAÇÃO