Enfermeiro revoltado com transferência do irmão quebra porta da UPA

Um homem de 47 anos causou maior confusão no UPA Norte, no Jardim das Oliveiras, em Rio Preto, no sábado (17).

Segundo informações do boletim de ocorrência, a Guarda Municipal GCM foi acionada por um vigilante da UPA, que informou que um enfermeiro – que não trabalha na UPA – estava bastante alterado e havia quebrado uma das portas de vidro do local porque seu irmão estaria aguardando por um procedimento médico e seria transferido a um hospital, mas que naquele momento não havia viatura do Samu disponível para realizar a transferência.

Dhoje Interior

O enfermeiro entrou sem autorização em uma área restrita aos pacientes que estavam recebendo atendimento, razão pela qual o vigilante foi atrás dele e pediu que ele se retirasse do local. No momento em que saiu o enfermeiro então bateu a mão em uma das portas vindo a quebrar o vidro, o que lhe causou uma lesão na mão direita e se recusou a receber atendimento na unidade.

O enfermeiro alega que recebeu uma ligação do irmão dizendo que estava na unidade e precisava de ajuda para ir ao banheiro. E ao chegar no local foi informado pelo médico plantonista que não havia conseguido realizar atendimento do irmão dele e seria transferido. Revoltado, deu início a confusão. O profissional de saúde ainda informou, que não foi sua intenção danificar a porta da UPA e que estava nervoso.

O caso foi registrado na Central de Flagrantes e diante dos fatos, foi encaminhado para o Distrito Policial para melhores esclarecimentos.

Janaína PEREIRA – Redação Jornal Dhoje Interior