Emurb apresenta mudanças na Área Azul e tarifas devem subir para R$ 4

No Centro e Redentora, quiosques estão sendo instalados como centro de informações e vendas; este fica na Rui Barbosa, no Centro (Foto: Ygor Andrade)

A Emurb (Empresa Municipal de Urbanismo de Rio Preto) está colocando quiosques espalhados pela cidade (Centro) para divulgar as mudanças que devem ocorrer no estacionamento rotativo da Área Azul. Um deles é referente ao valor que deve aumentar, passando para R$ 4. Atualmente, a empresa cobra R$ 3,50 pelo uso do estacionamento no Centro e Redentora.

Outra novidade que deve ser esclarecida por funcionários que ficaram nesses quiosques é sobre o estacionamento fracionado. Os usuários agora contarão, a partir desta sexta-feira (28), com a opção de parada de uma hora com valor de R$ 2. Os quiosques aliás, além de informações, também serão pontos de venda de bilhetes de estacionamento. O primeiro quiosque foi instalado na Praça Rui Barbosa.

Dhoje Interior

O Mercadão Municipal, o Poupatempo e Rodoviária, por exemplo, serão pontos de distribuição de informativos sobre as mudanças que ocorrem na Área Azul.

MAIS MUDANÇAS

Outra mudança que deve ser testada pela Emurb é a tarifa pós-utilização que trata da aplicação de tarifas a motoristas que não pagam pelo estacionamento rotativo ou que excedem o limite de tempo pago anteriormente.

A proposta é que fiscais fiquem de olho nessas situações e notifiquem os motoristas ao invés de multá-los. Os valores da tarifa pós-utilização ainda não estão definidos, no entanto, a Emurb estuda a possibilidade de fixá-las em R$ 12 no Centro e R$ 18 na Redentora.

Contudo, se o motorista não fizer o pagamento desta taxa, será aplicada a multa por estacionamento irregular, acarretando no pagamento do valor de R$ 197 e a perda de cinco pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Por Ygor Andrade