Em menos de 24 horas, Rio Preto registra cinco vítimas de furto

Em menos de 24 horas, cinco vítimas procuraram a Polícia Civil de Rio Preto para registrar que foram furtadas. No bairro Vila Toninho ocorreram dois crimes.

Em um deles, a casa de um zelador de 57 anos foi alvo dos bandidos. Ele contou à polícia que saiu para trabalhar, por volta das 7 horas e, a retornar, por volta das 19 horas, estranhou o fato de o portão basculante estar entreaberto e os cadeados danificados. Ao verificar o imóvel, a porta estava escancarada e viu também que havia uma cadeira do lado de fora do muro, num terreno baldio, o que o leva a acreditar que os objetos furtados foram retirados da casa através do muro. Foram levados home theater, televisão, roteador e modem, micro-ondas, bebedouro, caixa térmica e camisetas.

Dhoje Interior

No mesmo bairro, um homem de 56 anos teve a carteira e o celular furtados ao deixá-los em cima de seu carro, enquanto guardava compras em casa. Ele disse que não demorou quase nada e ao retornar já verificou que os objetos tinham sido levados. Na carteira continha R$ 700 e documentos pessoais, além de cartões de crédito.

Em outro caso, ladrões danificaram a porta do passageiro de um caminhão, que estava estacionado no pátio de um posto de combustíveis as margens da BR-153 e furtaram R$ 6.3 mil e diversas folhas de cheque, que estavam dentro de uma pasta sob o banco do motorista. A vítima disse a polícia que estava na região fazendo entregas e que parou o veículo para tomar banho no posto, se ausentou por cerca de 10 minutos e ao retornar, constatou o furto.

A moto de um promotor de vendas de 40 anos, foi furtada na avenida Romeu Strazzi. À polícia ele relatou que deixou o veículo no local às 14h30 e ao retornar, por volta das 17 horas, viu que havia sido furtado. Também uma vendedora de 49 anos foi até uma agência bancária para sacar o FGTS e o valor de R$ 1045 já havia sido retirado. Também foi registrado como furto.

Tatiana PIRES – Redação Jornal DHoje Interior
E-mail: [email protected]