Educação contrata professores em substituição para sala de aula

A Prefeitura de Rio Preto, por meio da Secretaria de Educação, está realizando a contratação temporária de Professores de Educação Básica 1 e 2 (PEB 1 e PEB 2), que vão atuar presencialmente em sala de aula, em substituição a educadores afastados. A assinatura dos contratos está sendo feita nesta quarta e quinta-feira (19 e 20/1).

Foram convocados 404 profissionais PEB 1 e quatro PEB 2, totalizando 408 professoras e professores. O processo seletivo foi realizado pela Fundação Vunesp e recebeu 3.792 inscrições. A prova objetiva foi realizada em setembro de 2021.

Dhoje Interior

Após a assinatura do contrato, os convocados já realizam a atribuição da unidade onde vão atuar. Os professores em contrato temporário cobrem a ausência de educadores afastados por motivos diversos, como os que estão em substituição de cargos coordenação ou direção, atuando como formadores ou em outras funções da Secretaria de Educação, em licença ou gestantes, nos termos da Lei Federal n° 14.151/2021 e Portaria da Secretaria de Administração n° 35.267/2021.

A professora Sandra Martins Costa assinou o contrato nesta quinta-feira e vai atuar em sala de aula da Escola Mario Altenfelder Silva, no Eldorado. “Fiquei muito feliz. Estudei muito e consegui uma boa classificação. A gente sabe como está difícil trabalhar nesta pandemia, então estar assinando esse contrato é só gratidão”, diz.

Outra professora a assinar o contrato foi Alexsandra Cristina Correia Richard Alves. “Eu me dediquei e estudei bastante, desde que o edital foi publicado. A gente aprende bastante também com a formação realizada pela Educação. Consegui a aprovação e fiquei muito feliz”, afirma ela, que vai atuar em sala na escola municipal Vera.

Acolhimento

A Secretaria de Educação realiza na próxima segunda e terça-feira (24 e 25) um acolhimento aos professores que vão trabalhar por contrato temporário. Na segunda, será feita uma apresentação geral da estrutura da secretaria. Na terça, os professores serão divididos em oito turmas para receber conteúdos específicos dos aspectos pedagógicos para a Educação Infantil e para o Ensino Fundamental.

“Assim vamos acolher os novos profissionais, apresentar as ações da nossa rede e apoiar o desenvolvimento profissional deles com aspectos da prática pedagógica que coadunam com os princípios e as concepções da rede”, afirma a secretária  Fabiana Zanquetta de Azevedo.

As atividades de acolhimento serão realizadas de maneira remota, em plataforma on-line. Para este ano letivo, o início das aulas na rede municipal de ensino está marcado para o dia 2 de fevereiro.

Da Redação