Edinho e vereadores de Rio Preto são diplomados para o próximo mandato

O prefeito Edinho Araújo (MDB) seu vice Orlando Bolçone (DEM) e 14 dos 17 vereadores eleitos participaram da diplomação feita pela justiça eleitoral no final da manhã desta quinta-feira (17) no plenário do Tribunal do Júri.

A cerimonia foi presidida pelo juiz eleitoral da 125ª ZE (Zona Eleitoral) Paulo Roberto Zaidan Maluf e teve a presença dos juízes eleitorais da 267ª ZE e 268ª ZE, Paulo Marcos Vieira e Cristiano de Castro Jarreta Coelho respectivamente além do promotor eleitoral Carlos Gilberto Menezelo Romani.

Dhoje Interior

O prefeito salientou que a partir de agora é necessário união entre todos com coesão de temas de grande relevância para a cidade – pois segundo ela estamos vivendo tempos difíceis em decorrência da pandemia e ninguém sabe como todos chegaram ao final de 2021. “Diretamente ligada a vida, ligado a economia, nós teremos melhores condições de superarmos estes tempos”, salientou Edinho.

Ele destacou alguns alicerces afirmando que fará um governo democrático, zeloso com as finanças públicas, com o trabalho integrado e ouvindo a população.

Fazer a boa politica – ouvir a população – fazer governo democrático – ser zeloso com as finanças públicas – fazer um trabalho integrado –

“Não faltara jamais o espírito de fazer a boa politica, com ética, com correção e com transparência”, finalizou.

Defesa das Urnas Eletrônicas – os juízes eleitorais presentes saíram em defesa das urnas eletrônicas e destacaram a sua segurança e que as mesmas são à melhor e mais segura forma de promover o processo eleitoral brasileiro.

Além do prefeito foram diplomados na cerimonia os 14 dos 17 vereadores eleitos para a Câmara Municipal de Rio Preto: do MDB: Celso Luiz Peixão, Cláudia De Giuli e Jean Charles, do Patriota: Pedro Roberto e Bruno Marinho, do Republicanos: Robson Ricci e Karina Caroline, do Progressistas: Paulo Pauléra e Odélio Chaves, do PSDB: Renato Pupo e Bruno Moura, PL: Fábio Marcondes e Anderson Branco e do PSD: Jorge Menezes.

Covid-19 – dois vereadores eleitos estão com Covid-19 e por conta disso não compareceram na diplomação, o vereador reeleito Francisco Júnior (DEM) confirmou positivo para a doença nesta quarta-feira (16), por sua vez o outro caso confirmado de Covid é do  Cabo Júlio Donizete (PSD) eleito pela primeira vez em novembro está internado a alguns semanas no Hospital de Base.

Sem aglomeração – a terceira ausência na diplomação foi de João Paulo Rillo (Psol) que afirmou não ter comparecido a solenidade, pois a mesma não é obrigatória e neste ele acredita que neste momento que a pandemia da Covid estão em alta na cidade não é momento de fazer aglomerações. “Somente hoje (17) morreram seis pessoas e mais de 300 novos contaminados – eu não fui por isso estou evitando aglomerações”, justificou João Paulo.

Os eleitos ausentes e os suplementes poderão conseguir o documento por meio do site da TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo).

Por Sérgio SAMPAIO – Da Redação DHoje Interior