Edinho diz que responsabilidade impede que ele descumpra decreto

O prefeito Edinho Araújo (MDB) participou da live desta sexta-feira (10) e afirmou que a determinação estadual que mantém Rio Preto na fase Laranja será respeitada na cidade, pois as determinações do governo do Estado se sobrepõem aos regramentos municipais.

Ele salientou que gostaria de flexibilizar as atividades não liberadas nesta fase, mas afirmou que tem que ter responsabilidade para evitar um possível colapso da rede de saúde.

Dhoje Interior

Sem a mudança, salões de beleza, barbearias, bares, lanchonetes, restaurantes e academias continuam sem o funcionamento ou atendimento pleno.

O regramento atual permite:

  • Salões de Beleza e Barbearias – atendimento não permitido no local, autorizado somente o atendimento domiciliar dos clientes;
  • Bares, Lanchonetes e Restaurantes – pode estar abertos em dias e horários de funcionamento regular – com entrada de clientes sem consumo no local (take away), com capacidade de clientes de 20%;
  • Academias – atividades não permitidas no local, autorizado o atendimento individualizado ou para pequenos grupos (no máximo três pessoas).

O prefeito voltou a salientar que Rio Preto continua com o mini-lockdown de domingo a terça-feira e as atividades comerciais podem funcionar de quarta a sábado, por seis horas diárias. E os estabelecimentos comerciais devem continuar mantendo somente 20% de sua capacidade.

União – O prefeito afirma que é necessária a união de todos para melhorar o quadro atual, pois os indicadores que mantiveram Rio Preto na fase Laranja precisam ser melhorados, para que a cidade suba de fase e possa ampliar as atividades econômicas.

Alerta – Edinho deixou claro também que caso o inverso aconteça e não haja a ajuda de todos, Rio Preto poderá recuar para a fase Vermelha e, caso isso aconteça, todos serão prejudicados. “Se relaxarmos podemos voltar para a fase Vermelha – ninguém deseja isso”, afirmou o prefeito.

Por Sérgio SAMPAIO – Da Redação Jornal DHoje Interior