Dias frios aumentam necessidade de cuidados específicos com os pets

A veterinária Bruna Mendonça de Oliveira com sua pet "Lola"

Não se engane: os bichinhos também necessitam de atenção nesses dias frios para evitar problemas de saúde

O tempo mudou severamente em toda a região e o corpo dos animais de estimação, igualmente ao dos humanos, reage às mudanças climáticas.

O ar mais seco também é algo que interfere diretamente no organismo, o que muitas vezes gera problemas respiratórios nos animais.

Segundo a veterinária Bruna Mendonça existem medidas que não podem ser ignoradas como: agasalhos, vacina da gripe, não passear nas horas mais frias e de ventania, manter a temperatura interna da casa controlada e evitar automedicação.

Bruna ainda menciona que aumentar a quantidade de ração não é necessário. “O que precisa é oferecer uma ração de qualidade e manter as doses, a atenção em atitudes que podem ocasionar ganho de peso é fundamental”, lembra.

A profissional ainda alerta os tutores sobre cuidados indispensáveis na hora do banho e sobre o local aonde eles dormem. “Os choques térmicos são perigosos, por isso é necessário utilizar sempre água morna e secar bem a pelagem para que não fique úmida. E no local onde dormem deixar sempre um cobertor, para eles se manterem aquecidos. E deixa-los longe das correntes de vento”.

Roni Oliveira, empresário, diz que notou seu cachorro mais agitado nestes dias frios. “Eu o levei para tomar um banho antes do frio se intensificar, fazer um checkup, comprei uma roupa e uma casinha. Além de encher a casinha de panos e uma manta pra ele ficar bem aquecido”, conta.

As baixas temperaturas são um fator que implica na imunidade e, no geral, animais de qualquer idade sofrem algum incômodo. Mas Mendonça acrescenta que os animais de grupos de riscos como os filhotes e os mais idosos dependem de atenção redobrada.

“É preciso ficar atento, independentemente da idade, a problemas respiratórios, pneumopatias, gripes e resfriados, além de doenças do complexo respiratório em felinos. Por isso, a importância de manter visitas regulares ao médico-veterinário e todas as vacinas em dia”, destaca.

Daniela MANZANI

Foto: O empresário Roni Oliveira com seu cachorro agasalhado Dylan