Da TV para a Câmara, conheça a história do vereador Robson Ricci

Vereador Robson Ricci: jornalista e cantor nas horas vagas

Robson Leandro Ricci, 37 anos, casado, pai de três filhos, cristão, jornalista, apresentador de TV, repórter, cantor, cerimonialista, locutor e agora vereador.

Ricci escolheu o jornalismo desde a infância, quando admirava o trabalho dos profissionais da área naquela época. Ouvia muitos noticiários de rádio com os avós, passou a apreciar os jornais da TV e se tornou fã do Cid Moreira.

Dhoje Interior

Há quase 16 anos como jornalista, atualmente escolheu um novo caminho para seguir e se tornou o vereador mais votado de Rio Preto com 6.947 votos pelo Republicanos, mas sem deixar a profissão de jornalista de lado.

DHoje: Porque resolveu se candidatar a vereador? O que te motivou a isso?

Ricci: Como repórter, acompanho há anos muitas situações sociais e sei muito bem das dificuldades da nossa população. Com isso, sempre procurei atender o povo nas mais diversas necessidades. Portanto, como cidadão rio-pretense, entendi que eu poderia contribuir ainda mais com a nossa população. Ajudar as pessoas sempre me motivou.

DHoje: Quantas vezes se candidatou a vereador?

Ricci: Fui candidato somente em 2020 e eleito.

DHoje: Como surgiu seu interesse por política? Algum motivo em especial?

Ricci: Acredito que todos nós temos um chamado para atender nessa vida, por parte de Deus e das pessoas. E não podemos ser omissos. Desde criança já me interessava pelos grêmios estudantis, ajudava quem precisasse por meio de alguma comunidade religiosa que eu estivesse participando. Por meio da minha profissão de jornalista, também me realizei e me realizo ainda mais ajudando quem precisa, além de resolver muitas questões. Com toda minha experiência, nas ruas e por várias vezes, as pessoas me cobravam representar o povo na política. Daí me senti no dever de aceitar esse grande desafio.

DHoje: Acha que a política é um dos caminhos para melhorar nossa cidade, nosso país?

Ricci: Sim, acredito.  A política está envolvida em todos os seguimentos da sociedade, assim sendo, pequenos atos na política municipal podem se estender por todo o país.

DHoje: Acredita que é preciso ter mais engajamento de pessoas mais jovens na política?

Ricci: Com certeza.  A política precisa ser oxigenada pela juventude que será o futuro do país.  As cidades carecem da participação da juventude.

DHoje: Acredita em ideologia partidária?

Ricci: Sim.  Eu tenho uma identidade com o manifesto do meu partido, que é conservador, defende a família e trabalha pelo empreendedorismo, inovação e tecnologia. E acho que na atualidade os eleitores têm feito essa distinção, e isso é importante.

DHoje: O que os rio-pretenses podem esperar do seu mandato?

Ricci: Muito trabalho e força de vontade. Sei o quanto os eleitores que votaram em mim, depositaram e depositam confiança no meu caráter e capacidade. Mas tenho consciência que além de lutar pelas pessoas que me colocaram na Câmara, como vereador irei representar a todos, mesmo os que não votaram.  Sou um homem simples e muito determinado, e não quero decepciona-las. Confesso que estou aprendendo muito e estou feliz com tudo isso, pronto para receber opiniões para que eu melhore o meu trabalho a cada dia.

DHoje: Pretende galgar cargos mais altos, como deputado, por exemplo?

Ricci: O meu objetivo é fazer um ótimo trabalho como vereador.

DHoje: Já tem algum Projeto de Lei importante sendo elaborado?

Ricci: Tenho várias ideias, mas ainda estou estudando a viabilidade de apresentar.  Quero mostrar algo que tenha eficácia na vida das pessoas.

DHoje: Na sua opinião, qual a principal função de um vereador?

Ricci: São várias funções. Dar voz à população, elaborar projetos e votar, fiscalizar o poder executivo e contribuir para melhorias da administração pública.

DHoje: Como você vê a Câmara de RP? Produtiva?

Ricci: Vejo que temos muitas coisas para serem melhoradas na Câmara.  Essa questão de produtividade é avaliativa, pois número de proposituras pode não significar solução e isso pode prejudicar a população, pois não tem efetividade. O povo espera muito mais de nós vereadores.

DHoje: Do que Rio Preto precisa?

Ricci: Rio Preto é uma cidade maravilhosa, com um povo muito acolhedor, e merece progredir ainda mais. Agora, acredito, que precisamos lutar para melhorias na Saúde, geração de empregos e retomada da economia, cuidado especial com a Educação.

Por Andressa ZAFALON