Consumidor pode relatar falta de produtos e preços abusivos nos estabelecimentos

Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado, em parceria com a Secretaria de Logística e Transportes, lançou o site Abastecimento Seguro, com o objetivo de prover informações aos consumidores e caminhoneiros sobre as estradas (localização e situação dos postos de combustíveis e condição das vias) e funcionamento dos serviços gerais do setor. Na plataforma, o cidadão também pode denunciar a falta de itens em estabelecimentos essenciais vinculados à alimentação, bem como informar preços abusivos praticados pelo comércio.

No que se refere à competência da Secretaria de Agricultura, as denúncias que entram na plataforma voltada a problemas de abastecimento alimentar são analisadas e passam por validação técnica. Elas ajudam na tomada de decisão dentro dos grupos de trabalho da pasta que estão mobilizados para atenuar os impactos da pandemia no setor agro.

Dhoje Interior

Acesso

O consumidor, ao acessar o site e clicar no ícone “Informar problemas de abastecimento alimentar”, pode relatar o funcionamento de diversos estabelecimentos (mercado, padaria ou feira livre, por exemplo), o cumprimento das normas de higiene dentro deles, a falta de produtos nas prateleiras e o preço abusivo dos mesmos.

Os donos ou os funcionários dos estabelecimentos também podem informar problemas relativos à disponibilidade do transporte público para chegar ao trabalho, aquisição de matéria prima e dificuldades em contratar serviços gerais, além de poder registrar problemas de segurança nas proximidades, como em casos de roubos e arrombamentos.

Todos os tipos de denúncia são feitos por meio de um formulário em que o usuário deve preencher corretamente, podendo escolher se manter anônimo, mas sempre indicando o logradouro acurado do local responsável pelo problema relatado, o que facilita o trabalho dos técnicos da secretaria ao validarem a informação para, em seguida, direcioná-la ao segmento que pode atender a demanda.

O site faz parte de um conjunto de ações criadas pela Força Tarefa do Estado formada pelas Secretarias de Agricultura e Abastecimento, Logística e Transportes, Governo, Segurança Pública, Transportes Metropolitanos, Desenvolvimento Econômico, além de órgãos como a DERSA, Artesp, DER, InvestSP e Polícia Militar.

Da REDAÇÃO com informações Governo do Estado SP