Confira a coluna de Waldner Lui desta quarta-feira (27)

Rosalie Gallo que está atendendo interinamente a Presidência da Arlec- Academia de Letras e Cultura, na ausência do presidente Alberto Gabirel Bianchi,que está se restabelecendo de um Covid, foi convidada para lançar na Itália seu livro "Ramos e outras estranhezas", editado aqui pela Mentes Abertas.Chic, non?

INCÊNDIO I

As palavras jamais serão suficientes para expressar o desalento dos proprietários das 167 lojas do Shopping Azul,totalmente destruído por um incêndio, cujas espessas cortinas de fumaça tingiram o céu na madrugada de sábado.O fogo em sua fúria não deixou nada aproveitável,um carretel de linha sequer e abalou as estruturas da Estação Rodoviária,prédio histórico em cujo andar superior se instalava o comércio.

Dhoje Interior

INCÊNDIO II

Enquanto se contabiliza perdas milionárias, a população e as autoridades, piedosamente, arregalam os olhos para a tragédia.Buscam uma consciência madura e corajosa para poder ajudar essas 300 famílias atingidas que não sabem agora,o que fazer da vida,cumprindo o ritual triste de velar seu negócio e almejar uma ação fertilizadora do Poder Público para reconstruir suas vidas.

INCÊNDIO III

Já não chega o lockdown que desinstala todos da certeza de um amanhã e essa tragédia chega como se um deus irado descesse a borduna sobre nossos irmãos.Para não perder a paciência com a inclemência da vida, é preciso estatura heroica. E é isso que se espera que os comerciantes afetados com esse flagelo, tenham.

INCÊNDIO IV

Não adianta dedicar a esse infortúnio, um olhar de salmão defumado, como se não fosse de nossa competência.Precisamos todos nos unir e cada um oferecer o que pode para minimizar a dor dos afetados, ajudando-os a subir o primeiro degrau de uma nova vida.O avesso do espelho  nos mostra a imagem que não queremos  ver.

AC I

Conforme esta coluna vem anunciando com imensa alegria,após um período de obscuridade,ventos de esperança têm soprado fortes pelos lados do Automóvel Clube.O presidente,Jesus Martin Neto,deve ser  adepto dos versos do gaúcho Mário Quintana :”Eles passarão, eu passarinho”,porque nessa jornada de resgate, não permite que ninguém atravanque seu caminho.Depois de embarcar numa ambiciosa odisseia épica de robustos desafios,ele pode serenamente festejar o resultado e perguntar com coragem para a história social da cidade: “Você sabe com quem está falando?”

AC II

Pois 2021,promete ser o ano do Automóvel Clube, o ano em que a entidade deverá florescer novamente na cena social de Rio Preto, trazendo de volta os sócios que desertaram quando o clube se viu mergulhado em dívidas.Com a administração da diretoria de Jesus -e a perspectiva de mudança no quadro da pandemia, motivada pela aplicação da vacina, restabelecendo um diálogo com o convívio em sociedade,sem traumas e sem medos, o Automóvel Clube está renascendo, para a alegria de todos os que participaram de sua gênese de sua história nesses 100 anos de existência, completados sem comemoração, dia 13 de maio de 2020, em plena pandemia.

AC III

Diante do quadro otimista e do renascimento da entidade ao sanar todas as dívidas com a venda do clube de campo,e sanear as finanças,é tão grande a aposta do Conselho Deliberativo nas intenções de Jesus Martin Neto, que todos os pedidos solicitados pela sua Diretoria foram aprovados por unanimidade na reunião da semana passada:os benefícios de descontos na mensalidade (como prêmio por pontualidade de pagamento); a terceirização do restaurante Panorâmico e o resgate dos sócios que deixaram o quadro associativo,sem punições e com facilidades.

AC IV

Vejam aqui como vão ficar as mensalidades: a de titular familiar, hoje a R$ 365,00, se paga pontualmente, custará R$ 290,00.A de titular individual, de R$ 255,00 passará a R$ 200,00 se paga também ,pontualmente.O clube não tem interesse no sócio contribuinte familiar ou individual e pretende fazer com que os sócios nessa categoria, migrem para a de titular.A de contribuinte familiar, hoje a R$ 255,00 passará a ser R$ 275,00 (aumento de R$20,00) e a de contribuinte individual, hoje a R$ 178,50 passará a R$ 190,00 (aumento de R$ 12,50)

AC V

Quem havia feito a doação de seu título, poderá resgatá-lo sem necessidade da quarentena de dois anos.Os que ficaram devendo e foram excluídos, podem retornar resgatando seu título,com o pagamento de apenas 3 mensalidades, divididas no cartão de crédito em até dez meses.A negociação para a terceirização do restaurante Panorâmico está em andamento e a Diretoria acredita que em breve poderá anunciar quem o administrará.

AC VI

As reformas que foram realizadas até agora,terão continuidade este ano,com a restauração da fachada e com a reforma dos banheiros e do ar condicionado do salão de festas,para que o clube possa voltar a alugá-lo assim que as autoridades sanitárias permitirem o retorno de eventos.

AC VII

Jesus Martin Neto se inscreve desde já,como candidato a mais um período de administração,pretendendo a reeleição no pleito de 28 de março vindouro. Afinal ele zerou as dívidas de um clube que estava à beira do precipício financeiro e acaba de tirar junto ao Ministério da Fazenda e da Secretaria da Receita Federal, a CND –Certidão Negativa de Débito.É claro que, agora que a robusta dívida foi sanada e as contas colocadas em ordem, não faltarão candidatos interessados em cobiçar o posto,mas pelo prestígio que a atual diretoria goza entre os sócios, dificilmente deverá surgir um candidato com estofo suficiente para se opor a Jesus.

AC VIII

Porque o centenário do clube transcorreu em plena pandemia, Jesus, se reeleito, pretende realizar uma grande festa comemorativa no final do ano,que poderá ou não ser no réveillon, e dependerá o término do lockdown.

AC IX

A ressurreição de uma entidade como o Automóvel Clube, que se inscreve na história social de Rio Preto com enorme cintilância e letras douradas,tendo já recebido grandes autoridades nacionais desde presidentes da República, merece uma matéria longa como essa que você acaba de ler.E o trabalho da atual diretoria corrobora o slogan criado  por este colunista, usado à época das eleições da entidade: “Só Jesus salva”.

MUDANÇA

O 2º Cartório de Notas,na Voluntários de São Paulo, em frente ao Forum, deverá mudar-se dali.Não houve acordo na renovação do contrato de aluguel.Ao seu lado,existia o restaurante Supremo, DE Thomaz Mascaro, que a pedido do dono do imóvel,fechou suas portas em dezembro, para que o mesmo cartório pudesse ampliar suas instalações, mas acabaram não resultando em bom termo.

BABY

Nasceu no último dia 21 de janeiro,Ana Clara, filha de Leandro de Freitas Colturato- presidente da Sociedade de Medicina  e Cirurgia de Rio Preto- e Andressa Ribeiro  Colturato, que veio fazer companhia para a irmãzinha,Maria Júlia, a Juju. São avós paternos, o médico Nando Colturato e Lucy de Freitas Colturato e avós maternos, José Maria e Ângela Maria Ribeiro.

NOROESTE PAULISTA

O Lide Noroeste Paulista, presidida por Marcos Scaldelai, reuniu ontem,dia 26, em um evento on-line os prefeitos das 10 principais cidades da região,para o lançamento do Projeto “Pra Frente Noroeste”,com o objetivo de fortalecer parcerias entre o poder público e a iniciativa privada para tornar a região ainda mais competitiva e preparada para receber investidores.O encontro virtual,exclusivo para filiados e convidados,serviu para lançar o primeiro vídeo que apresentou o potencial do Noroeste Paulista e atrair investimentos em busca de novos negócios, emprego e renda.

FESTA À FANTASIA

Apostando num cenário mais favorável em relação a aglomerações, a festa à Fantasia “Carmen”,aclamada como uma das mais divertidas da agenda social da cidade, já está anunciando a sua 13ª edição, este ano inspirada em “A Volta ao Jardim de Infância”.Será dia 7 de agosto, mas o promotor do evento, Fabiano Mazza, ainda não quer divulgar o local.Aguarda os caminhos da pandemia.

REVISTA

Já saiu a sexta edição da ” Kapiiuara”, revista semestral da ARLEC- Academia Rio-pretense de Letras e Cultura, que presta uma homenagem ao saudoso escritor Edvaldo Jacomelli. Densa, bonita e bem paginada, inclui poesia, literatura, artes plásticas, crônicas e contos. Este colunista colabora com um artigo. Veja em www.arlec.com.br

CHAMPÃ & CAVIAR

Para a alegria dos muitos amigos,Waldemar Brentan  teve alta e já deixou o hospital depois de ter internado, testado positivo para o o Covid 19.

Acontece hoje, o encontro da Academia Rio-pretense de Letras e Cultura- Arlec, com o artista plástico Alfredo Vieira, mineiro de Belo Horizonte, que reside atualmente em Lago Santa. Será às 19h30 pelo link:HTTP://bit.ly/arlec-alfredo-vieira-27-01.

O Banco do Brasil está pensando em se desfazer da Cielo, mas o  Bradesco, seu sócio, não quer outro parceiro na empresa.Se o BB der seguimento ao negócio, o Bradesco apresentará uma oferta.

O carnaval carioca foi definitivamente cancelado para este ano. Não será realizado nem em fevereiro , nem em julho como a Liesa havia programado.

São 8 candidatos à Câmara Federal para as eleições no próximo 1º de fevereiro, dos quais os mais cotados são Arthur Lira e Baleia Rossi

Os arquitetos Braulinho Arroyo Vitagliano Ferraz e a mulher, Maria Laura,viajaram para o Rio de Janeiro onde ele comemorou, que transcorreu no início da semana, seu aniversário num dos mais badalados endereços gastronômicos de lá .

O atraso na reforma de seu apartamento,obrigou o advogado Armando Verri Jr e Suely Villanova Verri, a adiarem sua mudança para Rio Preto para fevereiro.

A Secretaria Municipal de Cultura não realizará este ano, o festival anual de teatro Janeiro Brasileiro da Comédia anual de teatro voltado ao humor

A escritora Nélida Piñon venceu o Grande Prêmio Nacional Pen Clube de Literatura de 2020. Foi com o livro “Um dia chegarei a Sagres”, lançado pela Editora Record.

Ricardo Salles em conversa com Paulo Guedes propôs que fosse estudada a criação de uma Zona Franca para o setor de biotecnologia industrial, com sede na Amazônia.

Prefeitos e vereadores eleitos, estão procurando a RenovaBR em busca de aulas de gestão de mandatos. Os cursos vão até Junho de 2021 com o objetivo de capacitar candidatos eleitos, segundo a colunista Sonia Racy, do Estadão.

Por Waldner LUI