Comitê Lula Livre promove faixaço na manhã desta quarta-feira em Rio Preto

Um grupo de pessoas que integram o ‘Comitê Lula Livre’ de Rio Preto realizou um faixaço na manhã desta quarta-feira (14) em cima do viaduto Governador Mário Covas sobre a Rodovia Washington Luís, com o objetivo de mostrar que estão em estado de alerta contra a perseguição judicial sofrida pelo ex-presidente.

“O Plenário do STF julgará o recurso sobre a acertada decisão do Ministro Edson Fachin que declarou Incompetente a 13°Vara de Curitiba para julgar o ex-presidente Lula, uma vez que, o triplex em Guarujá e o Sítio em Atibaia mostraram ter relação com a Petrobras. Além disso, foi pedida que a suspeição de Sérgio Moro, já declarada pela 2° Turma, seja analisada pelo Pleno, o que é totalmente extraordinário, pois não há hierarquia entre as turmas e o plenário. Decisões das turmas devem ser contestadas e discutidas nas próprias turmas”, explica Cristiane Guiro, integrante do Comitê.

Dhoje Interior

A ativista ainda complementa dizendo que estende que essa é mais uma manobra para que Lula não seja elegível em 2022. “Afirmamos que aqui ninguém soltará a mão do Lula, porque além dessa ser uma luta por Justiça e Democracia, atualmente o mundo todo sabe que Lula é Inocente”, finaliza.

Por Andressa ZAFALON