CFCs de Rio Preto descartam interesse em aplicar provas teóricas para 1ª CNH

CFCs não mostraram interesse em assumirem realização das exames em Rio Preto_Cláudio_LAHOS_DHojeinterior

O Detran-SP autorizou os Centros de Formação de Condutores (CFCs) de todo o Estado a aplicarem os exames teóricos de 1ª habilitação – anteriormente esta etapa era feita exclusivamente nas unidades do Detran e recentemente também no Poupatempo.

Apesar da autorização os dois CFCs que atuam na cidade não mostram interesse em se credenciar para prestar esse serviço e preferem deixar o serviço a cargo do Poupatempo, como acontece atualmente.

Dhoje Interior

Marcio Junio Rodrigues, diretor de Ensino da CFC Rio Preto, salientou que por enquanto ainda não vão aderir, pois não foram informados dos custos que devem ser repassados aos alunos para aplicar as provas no CFC.

A questão relacionada ao custo também foi à justificativa dada por Regina Ferreira, diretora de Ensino da CFC Brasil. Segundo ela, o custo para a aplicação da prova é alto e o governo do Estado não quer abrir mão da taxa que hoje é cobrada do aluno para a realização desta prova no Poupatempo.

O Detran afirmou que cerca de 400 CFCs já foram credenciados no Estado para a prestação do serviço e a expectativa é que este número ultrapasse a marca de 1.000 centros. Mais de 760 provas já foram aplicadas desde o final de outubro, quando os primeiros CFCs iniciaram a prestação do serviço.

A medida foi regulamentada na Portaria Detran SP 162, de agosto passado, que inclui todos os requisitos necessários para que o CFC possua autorização para a aplicação do teste. Desde então, as entidades parceiras interessadas vêm se adequando à tecnologia necessária para viabilizar o serviço.

Provas – As questões que compõem as provas, bem como as correções de respostas, continuam sendo tarefas do Detran SP, que também fiscaliza todas as etapas para garantir o cumprimento legal das exigências estabelecidas na Portaria.

Plano São Paulo – Seguindo os critérios estabelecidos pelo Plano São Paulo, as unidades e CFCs poderão atuar dentro do limite de 50% da capacidade. O aluno também pode optar por fazer a prova teórica monitorada da maneira tradicional, ou seja, na Unidade do Detran/Poupatempo, basta agendamento prévio.

Por Sérgio SAMPAIO – Da Redação DHoje Interior