Central tem 112 pacientes à espera de uma vaga em hospital na região

A DRS 15 (Departamento Regional de Saúde), pela qual Rio Preto e outras 101 cidades fazem parte, tem, nesta quarta-feira (9) uma fila na Cross (Central de Regulação e Oferta de Serviços de Saúde) com 112 pacientes esperando por uma vaga de hospital.

As vagas são distribuídas por graus de emergência, sendo vermelho o mais urgente, passando por laranja e amarelo que são medianos e chegando ao verde, sendo os casos menos urgentes. Na DRS de Rio Preto, tem na espera por vaga 10 pacientes no grau 1 (vermelho), 80 no grau 2 (laranja), 21 no grau 3 (amarelo) e 1 paciente no grau 4 (verde).

Dhoje Interior

Na terça-feira (8), a fila estava em 117 pacientes. A assessoria de imprensa do órgão informou, através de nota, que a Cross não é responsável por criar leitos e que as negativas de vagas não partem deles, mas sim dos Hospitais.

“A Central de Regulação estadual apoia na assistência e funciona 24 horas por dia como mediadora entre os serviços de origem. Seu papel não é criar leitos, mas auxiliar na identificação de uma vaga no hospital mais próximo e apto a cuidar do caso. Nenhuma negativa parte deste serviço, que é apenas intermediário. Cada solicitação e avaliação por médicos reguladores, sendo crucial para uma atualização do quadro clínico, estabilização e deslocamento seguro do paciente”, diz a nota.

Por Andressa ZAFALON