Cadeirante é acusado de assédio sexual contra jovem no terminal rodoviário

Foto: Divulgação

Um aposentado, de 54 anos, cadeirante, será investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher (DMM) após uma vendedora de 18 anos procurar um vigilante da Emurb no terminal rodoviário e relatar que foi molestada pelo homem às 13h.

O vigilante acionou a Guarda Civil Municipal que no local foi informada que a vítima estava sentada aguardando a chegada de um ônibus quando o acusado se aproximou, disse palavras de baixo calão e, em seguida, passou a mão na perna da vendedora.

Dhoje Interior

Em seu depoimento, o vigilante informou que o aposentado já é conhecido por causa de outros assédios, mas que esta é a primeira vez que uma das vítimas demonstra interesse em registrar um boletim de ocorrência, e que não sabe se o local onde o abuso ocorreu está sendo monitorado pelas câmeras de segurança.

Todos os envolvidos foram levados para a Central de Flagrantes, onde também se fez presente o tutor do aposentado, e após a análise dos depoimentos foi instaurado um inquérito policial para que a DDM investigue o caso. O suspeito foi liberado.

Um boletim de ocorrência com natureza de importunação sexual também foi registrado.

Colaborou – Bruna MARQUES – Redação Jornal DHoje Interior