Bombeiros fazem rescaldo de incêndio no Shopping Azul e lojistas lamentam destruição

Foro Janaina PEREIRA

O incêndio no Shopping Azul na noite deste sábado (23) que começou por volta das 23h foi controlado somente por volta das 4h da manhã desde domingo (24) segundo o Corpo de Bombeiros. Não houve vitimas.

O Tenente Vitor Fogolin Silva informou que nesta manhã de domingo o Corpo de Bombeiros está realizando o rescaldo  que é a retirada do material. “Muito material, devido a caloria, alta carga de incêndio, produtos que pegam fogo fácil. O Bombeiro trabalha para resfriar o local,” afirma.

Dhoje Interior

Os Bombeiros tiveram todo o apoio da Defesa Civil, CFL Paulista, Semae, Guarda Civil Municipal, Polícia Militar, Prefeitura de Rio Preto durante a operação.

Ainda de acordo com o tenente, foram deslocadas na noite de sábado nove viaturas do , com aproximadamente trinta bombeiros trabalhando durante toda a madrugada para combater o fogo.  “Agora pela manhã o trabalho é mais demorado por conta da retirada dos materiais, por isso ainda tem fumaça, nosso principal objetivo é o rescaldo tirar todos os riscos da edificação”, completa.

Ainda não é possível identificar o que teria ocasionado o incêndio, segundo o tenente, isso será avaliado com a Defesa Civil.

O Coronel Carlos André Medeiros Lamin da Defesa Civil falou que aguarda o Corpo de Bombeiros terminar  a operação do rescaldo para a equipe de Engenharia da Defesa Civil possa acessar o piso e fazer uma análise. “Só depois disso que vamos ter condições de fazer uma ampla vistoria, inspeção nos pilares, na laje, piso, para verificar se o prédio será ou parcial ou totalmente interditado”, afirma.

Lamin ainda completa dizendo que o piso superior será interditado para que somente a equipe de engenharia faça os reparos, “O fluxo de pessoas e o comércio não poderemos abrir enquanto não tiver todas as circunstâncias de seguranças atendidas.”

A polícia cientifíca esteve no local na madrugada e retornará neste domingo após autorização dos bombeiros para tentar descobrir o que teria causado o incêndio.

As ruas Voluntarios de São Paulo, Bernardino de Campos, Pedro Amaral, Antônio de Godoy, General Glicério por enquanto continuam interditadas neste domingo para o trabalho do Corpo de Bombeiros e Defesa Civil, e segundo Lamin somente na segunda-feira (25) será reavaliado para que os comerciantes possam abrir.

Foram mais de 160 lojas destruídas pelo fogo. Julio Cesar Santos Souza, o Julio Molejo, que tinha uma loja no Shopping Azul  a Molejo Empório Charme está inconformado com o que aconteceu. “Eu tinha a loja desde 2008 quando viemos para cá, tudo que construí foi destruído,” lamenta.

Julio disse que não calcula o tamanho do prejuízo e que tinha tios, primos, irmãos, mãe e a família trabalhavam no local.

A Prefeitura de Rio Preto enviou uma nota dizendo que o Prefeito Edinho Araújo já determinou que  todas as secretarias, empresas e autarquias do município que dessem apoio  nas ações de combate ao incêndio. “A partir desta segunda-feira vou orientar que os técnicos da Prefeitura, em especial da Procuradoria-geral do Municípios e as secretarias da Fazenda,  Desenvolvimento Econômico e Assistência Social encontrem saídas para acolher os comerciantes que foram terrivelmente atingidos por este incêndio”, diz um trecho da nota.

Janaína PEREIRA – Redação Jornal DHoje Interior