Baptista elogia atuação dos estreantes contra o Criciúma

Neste fim de semana, o Mirassol conseguiu quebrar o jejum de quase três meses sem vitória no estádio José Maria de Campos Maia e interromper a sequência de três derrotas consecutivas na Série C do Campeonato Brasileiro ao bater o Criciúma por dois a zero. Após a partida, o técnico Eduardo Baptista elogiou o desempenho dos novos reforços, apresentados ao longo da semana, que já puderam estrear.

Destaque no jogo, Edson Mardden pegou um pênalti logo na primeira etapa, evitando que o Leão saísse atrás do placar. “Tivemos mais um pênalti inexistente contra o Mirassol e isso tem atrapalhado bastante, e o Edson apareceu pontualmente em um momento importante. Foi pouco acionado, mas quando foi, mostrou postura e uma liderança que a gente buscava”, afirmou Baptista.

Dhoje Interior

O treinador também justificou a substituição imediata de Edson no lugar de Matheus Aurélio, que vinha sendo o titular. “O Edson é um jogador que já tem uma história e a gente precisava de uma liderança, de encorpar um pouquinho mais. O Matheus não saiu por deficiência técnica. A equipe do Mirassol vivia um momento de instabilidade e a experiência do Edson foi importante neste momento”, comentou.

Baptista ainda comentou sobre a estreia do meia Everton Heleno e os atacantes Murilo e Matheuzinho. O zagueiro Luizão e o atacante Luiz Fernando ainda não estrearam.“O Everton Heleno preencheu o meio, algo que vinha sendo uma dificuldade nossa. O Murilo entrou depois e deu uma sequência no trabalho que Everton estava fazendo. A entrada do Matheuzinho também foi importante, criou uma situação de gol. Ficamos felizes e ganhamos características importantes para buscar o resultado, finalizou.

Com a vitória, o Mirassol subiu para o 6º lugar e está com 10 pontos, três a menos de entrar no G4. No próximo sábado (24), o Leão faz o clássico regional contra o Novorizontino, em duelo direto pela vaga para a próxima fase.

Por Vinicius LIMA – redação Jornal DHoje Interior