Banco de Sangue da Beneficência tem queda de mais de 60% no número de doadores

O estoque do Banco de Sangue do Hospital Beneficência Portuguesa, em Rio Preto, está próximo de atingir o nível crítico. A instituição, que antes da pandemia recebia cerca de 30 doadores por dia, tem recebido atualmente de 8 a 10 doadores, uma queda de 66%.

“Muitos estão com receio por conta da pandemia e acabam ficando com um pé atrás de vir ao hospital. No entanto, não há motivo para preocupação. A ala para doação de sangue fica em um prédio diferente do hospital e todos os cuidados estão sendo tomados no local”, afirmou o biólogo e responsável pelo Banco de Sangue, Rafael Costa Aguiar.

Dhoje Interior

Apesar das cirurgias eletivas terem sido suspensas no hospital, a demanda por sangue continua igual, o que fez o estoque ter uma diminuição de 60% nas últimas semanas. “Não precisa fazer o agendamento para realizar a doação. Os doadores universais, que são os do tipo O+ e O- são os mais necessários, mas todos são importantes”, explicou Aguiar.

A instituição também está tomando cuidados para garantir a segurança de quem vai doar e quem vai receber o sangue. “Fazemos toda uma triagem antes para garantir que está tudo bem com o doador”, afirmou o biólogo. Podem doar sangue pessoas entre 16 e 69 anos e que estejam pesando mais de 50 kg. Menores de 18 anos devem estar acompanhados pelos pais. Interessados em fazer doação podem ir ao Banco de Sangue da Beneficência de segunda a sábado, das 7h às 17h.

Por Vinicius LIMA – redação Jornal DHoje Interior