Autorização para GCM fazer hora extra será votada na próxima sessão

Projeto se aprovado vai permitir que GCMs possam fazer horas estras_: Divulgação GCM_ARQUIVO

Projeto de lei complementar de autoria do presidente da Câmara, Paulo Pauléra (Progressistas), que propõe alterar legislação que regra a carreira dos Guardas Civis Municipais de Rio Preto (GCMs) terá seu mérito votado na próxima terça-feira (1º de dezembro).

A proposta altera o § 2° do artigo 12, da Lei Complementar nº 331, de 30 de dezembro de 2010 – com a alteração os GCMs ficam permitidos a realizar horas extras.

Dhoje Interior

Segundo Pauléra, existe uma demanda grande por parte da população no que diz respeito à intensificação do trabalho da Guarda  no que diz respeito a rondas e patrulhamento, aumentando a possibilidade de eles estarem nas ruas para dar mais segurança ao rio-pretense.

E o segundo motivo é poder melhorar a questão financeira dos próprios GCMs que passarão a poder fazer horas extras. “Já existe este tipo de lei autorizando as horas extras para os Guardas em outros lugares com essa prerrogativa”, salientou o vereador.

Outros projetos na pauta – Na mesma sessão outros dois projetos agora de lei também de autoria do presidente da Câmara devem ser votados ambos também pelo mérito: o primeiro dispõe sobre a criação de Unidades de Urgência em Fisioterapia nas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) para atender pacientes com quadro agudo de dor ou afecção respiratória, solucionáveis predominantemente por meio de terapias manuais. E outro que propõe o tombamento da Orquestra Sinfônica de São José do Rio Preto

Por Sérgio SAMPAIO – Da Reportagem Jornal DHoje Interior