Atropelamento mata criança de um ano e deixa pai ferido em Bady Bassitt

No final da tarde deste domingo (27), às 16h50, policiais militares foram acionados para atender uma ocorrência em uma chácara no bairro Estrela do Oriente, em Bady Bassitt, onde um homem que estava com seu filho de um ano e quatro meses foi atropelado. A criança não resistiu aos ferimentos e morreu.

O caso aconteceu após uma partida de futebol. O motorista acusado pelo atropelamento estava manobrando o carro ao final do jogo para ir embora, quando aconteceu o acidente. Ele tem 25 anos e é de Mirassol.

Dhoje Interior

Para os policiais, o homem disse que seu pé enroscou entre o acelerador e o freio fazendo com que o veículo ficasse em alta rotação e partindo em direção ao grupo de pessoas que estava jogando bola. Para evitar um atropelamento em massa ele acabou guinando o volante para o lado contrário, onde estava a vitima sentada no gramado junto com o seu filho.

Após o atropelamento o carro foi parar apenas no alambrado da chácara.

As duas vítimas foram socorridas até o Posto de Saúde de Bady Bassitt, onde a criança não resistiu aos ferimentos e faleceu. O pai foi transferido para o Hospital de Base de Rio Preto com suspeita de fratura na perna esquerda e bacia.

O condutor do carro foi submetido ao exame do bafômetro, com resultado negativo, e em seguida levado para a delegacia onde ele foi preso em flagrante. O condutor é boliviano e está no Brasil há dois meses.

O DHoje entrou em contato com a assessoria do HB que em nota informou “que o paciente encontra-se em atendimento no hospital. A instituição, porém, não tem autorização para informar sobre o caso”.

Colaborou – Bruna MARQUES – Redação Jornal DHoje Interior.