Após 40 dias, paciente ganha alta e é recebido por familiares

O motorista de ônibus de Jaci, Carlos Aparecido Bistaffa, 56 anos, recebeu alta na tarde desta segunda-feira (24) no Austa após ficar 40 dias internado em estado grave devido ao Covid-19. Sob aplausos, o paciente deixou a instituição e foi recebido com muita festa por seus familiares.

Ao se despedir dos médicos, enfermeiros e demais profissionais que o cuidaram na UTI, Carlos chorou durante o trajeto até a ambulância. “Não tenho palavras para agradecer o carinho e a dedicação de todos no Hospital”, afirmou o motorista, em meio às palmas, balões e mensagens de afeto dos familiares e funcionários do hospital.

Dhoje Interior

Em reconhecimento ao atendimento da equipe médica, Anielle Bistaffa, uma das duas filhas de Carlos, presenteou cada um com um bombom, acompanhado de uma mensagem de agradecimento. “Vivemos dias, semanas de uma enorme angústia indescritível. O apoio e a atenção dos médicos, enfermeiros, enfim, de todos que cuidaram de meu pai foi muito importante para ele e para nós”, disse Anielle.

O paciente inicia agora o período de recuperação, que envolve atividades sob a supervisão de fisioterapia, na companhia das filhas Anielle e Adrielle e da namorada Inês. “Não via a hora de poder abraçá-las e voltar a companhia dos amigos e da minha criação de canários”, disse Carlos, mais um a vencer a covid-19.

De acordo com a assessoria do Austa, o hospital já concedeu 223 altas médicas para pacientes com Covid-19 desde o início da pandemia.

Por Vinicius LIMA – redação Jornal DHoje Interior