Alunos e docentes da Famerp atendem comunidade carente no Piauí

Foto: Elton Rodrigues/Famerp

Oito alunos e dois docentes da Faculdade de Medicina de Rio Preto – Famerp partem este mês para o Piauí, onde oferecerão atendimento à comunidade carente de Matias Olímpio, no interior do Estado. A missão é válida pela “Operação Parnaíba” do Projeto Rondon e ocorre entre os dias 18 de janeiro e 3 de fevereiro.

Segundo a Diretora Adjunta de Extensão da Famerp, Dra. Ana Maria Sabino, o projeto visa atender até 1,5 mil pessoas carentes. “Essa atividade é de grande importância para os acadêmicos. É uma oportunidade para exercitarem a cidadania dentro de sua formação”, diz.

Dhoje Interior

O estudante do 4º ano de medicina da Famerp, Lorenzo Sartorelli, será um dos participantes do projeto. “Creio que será uma experiência única em minha vida. Poder conhecer um local tão diferente do qual estamos acostumados e sair de nossa zona de conforto é algo mais que necessário nos dias atuais. Acredito que somente quando temos esse contato direto é que podemos nos colocar no lugar do outro, algo essencial para se tornar um bom médico.”

Para participar, instituições de ensino superior de todo o País concorreram a 24 vagas. A Famerp foi classificada em 7º lugar, melhor posição já alcançada pela faculdade em 15 participações no projeto.

O Projeto Rondon é uma ação interministerial do Governo Federal realizada em coordenação com os Governos Estadual e Municipal que, em parceria com as Instituições de Ensino Superior, reconhecidas pelo Ministério da Educação, contribui tanto para a formação do jovem universitário como cidadão quanto para o desenvolvimento sustentável das comunidades carentes onde a caravana atua.

No município de Matias Olímpio, os alunos e docentes da Famerp atuarão em conjunto com a Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Para saber mais acesse projetorondon.defesa.gov.br/portal/

Da REDAÇÃO