Alunos das escolas estaduais terão direito à merenda a partir de segunda-feira

Uma semana antes de começar o ano letivo, o Governo Estadual anunciou que vai começar a distribuir, a partir de segunda-feira (01), as merendas nas escolas.

As instituições de ensinos estaduais estarão abertas a partir desta data, para formação e planejamento das equipes gestoras, por isso, também poderão acolher os alunos que mais precisam.

Dhoje Interior

Neste primeiro momento, em que ainda não haverá aula, essas refeições serão destinadas somente aos alunos mais vulneráveis. São 770 mil alunos do Estado que poderão se alimentar todos os dias, o que equivale a 60% do número total.

Os alunos que não se enquadram como vulneráveis receberão alimentação nos dias em que frequentarem a escola, de acordo com o modelo híbrido adotado pelo Governo. As aulas presenciais devem obedecer ao Plano SP e, no caso das cidades em que estiverem nas fases vermelha ou laranja, os pais ou responsáveis poderão optar pela presença ou não dos alunos em sala de aula.

Durante a permanência nas fases vermelha ou laranja, o limite máximo permitido de alunos presenciais é de 35% por dia. Na fase amarela está autorizado até 70% dos estudantes e na fase verde, até 100%.

O investimento para garantir a merenda a todos os alunos da rede é de R$ 1,167 bilhão, sendo R$ 900 milhões do Governo de São Paulo e o restante por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

As famílias dos alunos e os estudantes maiores de 18 anos que tenham interesse em receber a merenda a partir do dia 1º de fevereiro, antes do início do ano letivo oficial, precisam manifestar interesse no portal da Secretaria Escolar Digital – SED (https://sed.educacao.sp.gov.br). Caso tenham dificuldade de acesso, podem procurar a escola para auxiliá-los.

Escolas Municipais

Em Rio Preto existem 145 unidades escolas, entre próprias e parceiras, o que totaliza cerca de 41 mil alunos na rede municipal.

Segundo informações da Secretaria de Agricultura, responsável pela merenda na cidade, os alunos de todas as escolas municipais também receberão alimentação diariamente.

No período antes da pandemia, eram servidas cerca de 136 mil refeições por dia, mas, após março de 2020, quando se iniciou o período pandêmico, a Prefeitura passou a distribuir Kits de Alimentação Escolar. Até janeiro de 2021 foram distribuídos mais de 740 mil kits com alimentos perecíveis.

Em relação à volta às aulas em Rio Preto, a Secretaria de Agricultura informou que a alimentação escolar será reorganizada conforme as tratativas. Estão sendo discutidas novas estratégias de atendimento aos alunos conforme as deliberações da Secretaria de Educação.

“Por ora é possível informar que em fevereiro não haverá distribuição dos kits por conta deste planejamento”, afirma a assessoria da pasta de Agricultura.

Por Andressa ZAFALON