Acirp acredita que mudança é necessária para evitar avanço da Covid

Entidade acredita que todos tem que ajudar a conter a Covid_foto Ricardo Boni_Riopretoshopping

A Acirp (Associação Comercial e Empresarial de Rio Preto) acredita que a medida adotada pela Prefeitura de ampliar para seis horas a abertura dos estabelecimentos em conjunto com o mini-lockdown será fundamental para segurar a evolução da Covid-19 em Rio Preto.

A entidade salienta que durante toda a semana a Prefeitura negociou com o setor produtivo e com o governo estadual uma forma para que juntos se pudesse conter o avanço da doença e causar o menor impacto possível para as empresas.

Dhoje Interior

Com a negociação, segundo a entidade, conquistou-se a abertura de seis horas do comércio ao invés das quatro horas atuais da fase Laranja – fato que ajudará diluir o público consumidor evitando assim aglomerações.  Em contrapartida, ficou definido o mini-lockdown de três dias (domingos, segundas e terças-feiras).

No que diz respeito a este assunto, a entidade esclarece que: “escolhemos o domingo já que recebemos feedback dos lojistas por ser um dia de passeio com poucas compras; a segunda-feira por ser um dia historicamente fraco para o comércio; e a terça-feira para completar a solicitação de três dias”, salienta trecho de nota divulgada pela Acirp nesta sexta-feira (26)

Alerta – Sobre os dias de comércio fechado, a entidade reforça o alerta que as pessoas devem evitar aglomerações nestes dias que estarão de folga e que “É importante que a população colabore. Não é feriado prolongado”.

Por Sérgio SAMPAIO – Da Redação  Jornal DHoje Interior