Aberto cadastramento emergencial para o setor Cultural de Rio Preto

Setor cultural poderá ser beneficiado pela auxilio emergencial_foto_Carlos_NOGAROTO

A Secretaria Municipal de Cultura de Rio Preto, publicou nesta quinta-feira (3) no Diário Oficial (Jornal DHoje) e em seu portal (www.riopreto.sp.gov.br), o Chamamento Público para o cadastramento de espaços culturais independentes e trabalhadores do setor cultural do município, em atendimento à Lei 14.017/20 (Lei Aldir Blanc), para posterior inscrição nos editais de auxílio emergencial a que se refere essa lei.

O cadastramento emergencial deverá ser realizado no período de 03 a 22 de setembro de 2020,  preferencialmente via online, no site www.ripreto.sp.gov.br ou por telefone, por meio do número 3202-2310; ou pessoalmente, na Secretaria Municipal de Cultura, situada à Praça Jornalista Leonardo Gomes, nº 1 (Prédio da Biblioteca Municipal), de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 12h00 e das 14h00 às 17h00, atendendo a todas às normas de segurança sanitária, com obrigatoriedade do uso de máscara protetiva, álcool em gel, sendo atendida uma pessoa por vez.

Dhoje Interior

Categorias de cadastro:

Poderão participar do cadastramento emergencial da Lei Aldir Blanc:

Trabalhadores do setor cultural: Arte Educadores, Artesãos, Artista Gráfico, Artistas Plásticos, Atores/Atrizes, Bonequeiros, Bordadeiras, Brincantes, Camareiro, Cantores, Capoeiristas, Caracterizador, Cartunista, Cenógrafo, Cenotécnicos, Cineastas, Cinegrafistas, Cineclubistas, Compositores, Contadores de histórias, Contra Regra, Costureiras para produções artísticas, Customizadores , Dançarinos, Desenhistas, Designers, Direção de Arte, Direção Teatral, Dramaturgos, Dubladores, Escritores, Encadernadores Artesanais, Equilibristas, Estampadores, Editores de Imagem e Som, Figurinistas, Foliões de Reis, Grafiteiros, Mc’s, Iluminotécnicos, Ilustradores, Jongueiros, Luthiers, Locutores , Mágicos, Malabaristas, Maquiadores, Memorialistas, Mestres, Sabedores, Montadores, Musicistas, Músicos, Operador de luz, Operador de som, Operador de vídeo, Peruqueiro, Palhaços , Poetas, Preparador Corporal, Preparador da voz, Produtores Culturais, Quilombolas, Rendeiras, Romancista, Roteirista, Ritmistas, Radialistas, Sambistas de roda, Sonoplastas, Tatuadores, Técnico de Luz, Técnico de Som, Técnico de Projeção, Transformistas, Trapezista.

Espaços Culturais Independentes: Ateliers, Bandas musicais, Bibliotecas Comunitárias, Casas de artes, Cineclubes, Cinemas de rua, Cultura Caipira, Escolas de Artes, Empresas de Arte e Cultura, Escolas de Dança, Escolas de Música, Escolas de Samba, Feiras de artesanato, Feiras literárias, Grupos de danças populares, Grupos teatrais, Micro-Empresas de Arte e Cultura, Organizações Sociais de Arte e Cultura, Palco sobre rodas, Ponto de arte na rua, Pontos de cultura, Pontos de venda de livros, Quilombos, Roda de cultura popular, Rodas de capoeira, Sociedades musicais, Tradicional de raiz africana, Tradicional de raiz cigana , Tradicional de raiz caipira, Tradicional de raiz indígena, Videotecas.

Da Redação Jornal DHoje Interior