Vôlei feminino de Rio Preto bate Mirassol e conquista os Regionais

Com a vitória, equipe rio-pretense garantiu a classificação para a primeira divisão dos Jogos Abertos

Se normalmente a equipe do vôlei feminino de Rio Preto gosta de emoção para decidir suas partidas, nesse Jogos Regionais de Andradina, o time tomou um caminho diferente. Depois de passar fácil por Urânia na estreia, nesta segunda-feira (17), as meninas passearam em quadra novamente e bateram Mirassol por sets 3 a 0, com parciais de 25/10, 25/10 e 25/8, conquistando o título e garantindo a vaga para a primeira divisão dos Jogos Abertos.

Após a conquista, o técnico da equipe, Adenilson Ambrozio, falou sobre os objetivos para o decorrer da temporada. “Agora para chegar nos Abertos, como é a na segunda quinzena de outubro, elas terão um descanso de uma semana, e voltaram firmes no dia 25, já visando o Paulista, que temos um jogo contra o Pinheiros, dia 10, o último jogo do turno. E, é usar o Paulista para gente chegar forte lá nos Abertos. Então, a nossa programação toda, apesar do Paulista ser importante também, vai ser focar esses Jogos Abertos. Vamos trabalhar forte nesses jogos do Paulista, para chegar no ápice lá em outubro”, disse o treinador rio-pretense.

Porém, a segunda taça da temporada, depois de erguer o caneco nos Jogos Abertos da Juventude, deixou o time um pouco desgastado. Com isso, Adenilson afirma que, junto com a comissão técnica, deve focar na parte física do elenco, a partir de agora, tanto para o Campeonato Paulista quanto para os Jogos Abertos.

“A gente precisa evoluir um pouquinho em alguns erros que estão acontecendo, que identificamos, e a parte física. Temos que recuperar algumas meninas, principalmente as que foram para os Jogos da Juventude, que foi uma sequência forte para elas. Então é recuperar a parte física para o restante da temporada, já que esse primeiro semestre foi forte, e o segundo será mais ainda. Lógico, não tirando a importância do jogo contra o Pinheiros, mas o objetivo é o resto da temporada. Então, a gente não vai sacrificar o retorno por causa de um jogo. Vamos trabalhar forte para depois desse jogo do Pinheiros, o time começar a evoluir na parte física também”, finalizou.

Por Marcelo Schaffauser

SEM COMENTÁRIOS