Vigilância Sanitária de Monte Aprazível promove curso de Manipulação de alimentos para açougueiros

Curso de boas práticas na manipulação de alimentos será ministrado em agosto por meio de parceria com Sindicato Rural e o SENAR

A Assessoria Municipal de Saúde, por intermédio da Vigilância Sanitária, em parceria com o Sindicato Rural Patronal de Monte Aprazível e o Senar, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, vai realizar nos dias 07 e 08 de agosto, o curso de capacitação em boas práticas de Manipulação e alimentos. As aulas serão ministradas pela engenheira de alimentos, Shirley Rosa de Oliveira de Rio Preto.

O público alvo são os profissionais que trabalham no ramo de açougue, em casa de carnes, supermercados do município e que realizam a manipulação de alimentos. O objetivo principal desse curso é oferecer qualificação a esses profissionais para produzir alimentos de qualidade para a população.

Para o curso, José Aparecido Pereira, diretor da Vigilância Sanitária em Monte Aprazível, enviou convite para todos os estabelecimentos, convocando pelo menos um funcionário de cada açougue para ser inscrito. “Esta é uma ótima oportunidade de capacitação. Este é um curso caro, mas conseguimos uma forma das empresas não pagar nada, mas as vagas são limitadas em 15 por turma”, comenta José Aparecido.

Os participantes terão direito ao café da manhã, almoço e café da tarde. O curso será realizado na Estação Aprendiz, Rua da Saudade n° 1300, esquina com a Avenida Antonio Canheo. As aulas serão realizadas nos dias 07 e 08, segunda e terça, de agosto, das 8h às 17h.

Temas

– Noções de microbiologia

– Conceito de contaminação

– Perigos (físicos, químicos e biológicos)

– Produção de alimentos seguros

– Contaminantes alimentares

– Microorganismos (conceito, tipos e características)

– Condições de multiplicação

– Doenças transmitidas por alimentos

– Boas práticas de fabricação

– Higiene pessoal, comportamento e controle da saúde dos manipuladores

– Higienização de instalações, equipamentos, utensílios

– Noções sobre Manual de Boas Práticas e Procedimentos Operacionais

– Critérios de segurança na produção de alimentos

Da REDAÇÃO

SEM COMENTÁRIOS