Vidraceiro cai no ‘golpe do parente acidentado’

O vidraceiro M.R.S., 46, morador no bairro João Paulo II, em Rio Preto, acreditou que um sobrinho havia sofrido um acidente e fez dois depósitos em favor de um golpista identificado como A.R.

Segundo a vítima, o estelionatário ligou pedindo R$ 980 para remoção do suposto carro do seu parente e depois mais R$ 600.

S. registrou boletim de ocorrência na Central de Flagrantes, na tarde desta quinta-feira, e o caso está sob investigação no 3º DP rio-pretense.

Por DJ

 

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS