VÍDEO: Teto de escola desaba durante reunião de pais em Bebedouro

COLABORAÇÃO/LOMBARTS COMUNICAÇÃO - 04/04/2018: Parte do teto de um refeitório da unidade caiu durante uma reunião pais, desabamento deixou ao menos sete feridos de um total de 70 pessoas que estavam no pátio do prédio.

Alunos da Escola Municipal Coronel Conrado Caldeira em Bebedouro-SP (a 109 km de Rio Preto), vão ficar pelos próximos três dias sem aulas por conta do temporal que caiu durante a noite desta terça-feira (03). Parte do teto de um refeitório da unidade caiu durante uma reunião pais. O desabamento deixou ao menos sete feridos de um total de 70 pessoas que estavam no pátio do prédio na hora do acidente.

O muro da escola também ficou comprometido nas imagens é possível observar o tamanho da rachadura e a energia precisou ser desligada, já que havia o risco de um curto circuito. O diretor da Defesa Civil do município que tem 77 mil habitantes (censo IBGE 2010), Luís Antônio da Silva informou que a estrutura onde estão a cozinha, lanchonete e banheiros ficou comprometida, não foi descarta a possibilidade de novas quedas e uma parte será demolida.

COLABORAÇÃO/ROMERA NEWS – 03/04/18: Secretaria Municipal de Educação de Bebedouro diz em nota que as aulas no colégio que a área atingida foi totalmente isolada e uma perícia de engenharia está sendo realizada no local.

“Foi um livramento pois foi fora do horário de aula meu filho estuda lá graças a deus não tinha crianças”. Declarou Flávia Markim mãe de um dos alunos que estuda no estabelecimento de ensino localizado a rua Praça Abílio Manoel no centro de Bebedouro.

Duas viaturas do Corpo de Bombeiros e equipes da Polícia Militar foram mobilizadas no socorro de vítimas, que foram encaminhadas ao Hospital Júlia Pinto Caldeira, ficaram em observação e na sequência tiveram alta.

OUTRO LADO

A Secretaria Municipal de Educação de Bebedouro diz em nota que as aulas no colégio que a área atingida foi totalmente isolada e uma perícia de engenharia está sendo realizada no local, e conta com o trabalho da Defesa Civil, Departamento de Engenharia e Corpo de Bombeiros de Bebedouro, para identificar as causas do ocorrido. Não houve vítimas graves e a Secretaria de Educação (SEMEB) está à disposição para quaisquer esclarecimentos e tomando todas as medidas e providências que o caso requer.

INVESTIGAÇÃO

Uma perícia para levantar as causas do sinistro foi marcada para manhã desta quarta (04) com engenheiros da Prefeitura, peritos e Bombeiros. Uma obra nos fundos da escola também será investigada.

ASSISTA:

REPRODUÇÃO: Romera News

 

 

DA REPORTAGEM:

Colaboração: Guilherme Ramos, às 13h33.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS