Usuários aprovam fracionamento das tarifas da Área Azul em Rio Preto

Agentes da Emurb fazem as vendas e tiram as dúvidas dos usuários sobre as mudanças na Área Azul (Foto: Ygor Andrade)

Começou a valer ontem o fracionamento das tarifas do estacionamento rotativo, a Área Azul. O sistema agora conta com a opção de uma hora (por R$ 2) para facilitar o acesso por parte do usuário que antes pagava R$ 3,50 pelo tempo de duas.

“Antes, a gente ficava 30 minutos em uma loja ou no banco, mas tinha que pagar por duas horas cheias, agora mesmo que a gente continue ficando os mesmos 30 minutos no banco ou em alguma loja pagamos menos, por menos tempo. É mais fácil desapegar de 30 minutos do que de uma hora e trinta”, comenta a professora aposentada Maria Carmem.

O DHoje foi até as ruas e conversou também com agentes da Emurb (Empresa Municipal de Urbanismo) de São José do Rio Preto sobre a forma como os usuários estão recebendo essas novas tarifas.

“Os usuários estão adorando, né? Eles sempre reclamaram disso, que pagavam muito por usar pouco, mas no geral todos estão comprando mais a fracionada”, comentou uma funcionária.

Para facilitar o entendimento do funcionamento das novas cobranças, os agentes da Área Azul também estão esclarecendo as dúvidas dos usuários.

“Perguntam bastante, querem saber se isso é teste ou não. Querem saber se vai durar um tempo ou se é para sempre. Essas dúvidas a gente esclarece”, acrescentou outra fiscal.
Além disso, como já divulgado, quiosques estão sendo espalhados como ponto de acesso à informação e também de vendas do estacionamento rotativo.

Outra dúvida que surgiu bastante foi a respeito da taxa de pós-utilização. “A gente sempre tem medo disso, essa coisa de tomar multa, de perder pontos na carteira. Ficar refém desse medo é complicado, mas acho que vai funcionar essa nova taxa, sim”, disse o representante comercial André Leandro.

A tarifa de pós-utilização também terá início, mas em fase de testes.

O sistema permite que o usuário notificado regularize o uso indevido da vaga evitando multas (R$ 195,23) e perda de cinco pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Esse sistema está em fase de testes.

Segundo a portaria 047/2019, “Fica estipulado para maior publicidade, adequação e informação aos usuários que no período de 10 de julho de 2019 a 20 de julho 2019, não será gerada cobrança de pós-utilização”.

“Serão gerados avisos de tolerância de cinco minutos e a notificação de pós-utilização com instruções para o usuário sobre o pagamento. A tarifa de pós-utilização só será cobrada a partir do dia 22 de julho. Até lá, motoristas serão orientados sobre o funcionamento e para retirar os carros da vaga após o tempo transcorrido”, informou a Emurb.

Por Ygor Andrade

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS