Trombonista lendário lança novo álbum no Sesc

Um dos maiores jazzistas da atualidade se apresenta no Sesc Rio Preto no próximo dia 8, às 20 horas. Raul de Souza, com 84 anos de idade e 60 de carreira, lança seu novo álbum no show, cujos ingressos podem ser adquiridos na bilheteria ou no portal sescsp.org.br/riopreto. Os preços vão de R$ 6 a RS 20.

Da noite curitibana, onde tocava um trombone-de-pisto, ascendeu ao estrelato internacional ao lado de Sérgio Mendes na Europa e, mais adiante, com Airto Moreira e o lendário Sonny Rollins nos Estados Unidos, recebendo o título de melhor trombonista do mundo pela imprensa especializada. No exterior, assimilou o jazz e imprimiu a ele uma sonoridade própria, inspirada no samba e na gafieira.

Em dezembro, o artista lança seu novo álbum Blue Voyage, pelo Selo Sesc. Em seu novo trabalho, Raul de Souza funde o jazz em sintonia com a música contemporânea brasileira e mundial.

Gravado em Chamonix, na França, o álbum consiste em oito faixas: ‘Vila Mariana’, ‘St Martin’, ‘Blue Voyage l’, ‘Primavera em Paris’, ‘Chegada’, ‘Bolero a Chamonix’, ‘Para Meu Irmão Sonny’ e ‘Noite em Bangalore’, todas compostas e arranjadas por João José Pereira de Souza, mais conhecido como Raul de Souza.

CARREIRA

Entre 1951 e 1952, tocou fez participações com Pixinguinha e Agostinho dos Santos. Logo depois, lançou sua carreira, quando re-batizou como ‘Raulzinho’ na Rádio Tupi, no Rio de Janeiro.

Em 1955, gravou o primeiro álbum de música instrumental da história do Brasil, ao lado de Sivuca, Altamiro Carrilho e Baden Powell. Nos anos 70, consolida sua carreira internacional após gravar álbuns nos Estados Unidos – lançados mundialmente – tocando com artistas como Sergio Mendes, Airto Moreira, Sonny Rollins, George Duke, Freddie Hubbard e Cannonball Adderley.

Seu álbum Colors é utilizado como material de estudo, na célebre escola de música Berklee College of Music em Boston. Nomeado inúmeras vezes como um dos maiores trombonistas do mundo, pelas revistas especializadas como a DownBeat, Bill Board e Rolling Stones, hoje é considerado como referência mundial no virtuosismo de seu instrumento e pela ginga e fraseado brasileiro, adquirido nas gafieiras cariocas.

Em território nacional, Raul de Souza destacasse com os trabalhos gravados ao lado de Tom Jobim, Zimbo Trio, Paulo Moura, Milton Nascimento, Djavan, Maria Bethânia, Hermeto Pascoal e Egberto Gismonti.

Pioneiro da música instrumental brasileira, Raul de Souza continua na ativa, fazendo shows por todo o Brasil. No final de 2011, lançou seu primeiro DVD, ‘O Universo Musical de Raul de Souza’ pelo Selo Sesc, que contou com as participações especiais de Hector Costita, João Donato e Altamiro Carrilho, mostrando um repertório que perpassa toda a sua carreira, além de homenagear seus companheiros.

Por Daniele JAMMAL

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS