Trio canta obra literária de Rubem Alves no Sesi

Neste sábado, o público poderá prestigiar a obra do educador Rubem Alves (1933–2014) transformada em música pelo trio vocal Trappistas. O show “Quando Rubem Alves Virou Canção” acontece, às 20h, no Sesi Rio Preto.

A apresentação é gratuita e os ingressos podem ser reservados pelo sistema Meu Sesi no www.sesisp.org.br/meu-sesi, após breve cadastro. Toda a comunidade pode participar, não é necessário ser trabalhador da indústria.

O grupo apresenta composições inéditas de Walter Nascimento, com textos infantis do escritor e psicanalista. Durante o show, a narração fica por conta da jornalista Edlaine Garcia, enquanto os Trappistas repassam a obra literária de Rubem Alves, repleta de temas atuais que conduzem à reflexão, em canções a cappella e ao violão. O conjunto criou este espetáculo após musicar a crônica Ipê Amarelo em homenagem ao escritor e ganhar notoriedade na Argentina. Também estão no repertório A menina e o pássaro encantado, Pinóquio às avessas, O patinho que não aprendeu a voar, entre outros textos do autor que viraram canção.

SESI-SP Música

Criado em 2006, o projeto Sesi-SP Música oferece ao público apresentações gratuitas de música erudita, popular, nacional e internacional, em todo o Estado de São Paulo. A programação inclui variadas formações musicais, como duos, trios, quartetos, orquestras de câmara e grupos instrumentais. Entre os diversos gêneros contemplados estão blues, jazz, choro, rock, samba, reggae, hip-hop, soul e world music. O objetivo é promover o acesso do trabalhador da indústria e da comunidade às diferentes linguagens para a formação de público e difusão da cultura e da arte musical.

 

Da Redação

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS