Tradição une moradores na decoração da “Rua do Natal”

No mês de dezembro, a rua Capitão José Verdi muda de nome e passa a ser chamada pelos próprios moradores do bairro Boa Vista, como ‘Rua do Natal’. Nesta época do ano, a via é completamente decorada. As cores tradicionais do verde e vermelho, são espalhadas e contornam os troncos das árvores e placas. Todo brilho e encanto do local é graças a mais de 20 mil luzes de led de diferentes cores. Essa união entre os moradores é para manter presente uma tradição de 10 anos da rua enfeitada no Natal.

A decoração se tornou uma tradição na cidade. Quem passa pela ‘Rua do Natal’, estaciona o veículo para fazer um registro através da câmera do celular. Tem também famílias e crianças, que vão até o local para admirar o empenho dos moradores. Ao todo, são 11 imóveis com suas faixadas todas enfeitadas, desde muros, árvores e até telhados.

Para os mentores da decoração natalina da rua, Rogério Lopes e Ariovaldo Silva, ambos policiais aposentados, e o contador Ailton Avelino Alves, o importante é resgatar o espírito natalino. “Nossa recompensa está na presença das pessoas que passam por aqui para fazer um registro ou gravar vídeo. Queremos despertar esse sentimento de união e de alegria, de enfeitarem suas casas, que a meu ver está um pouco deixado de lado”, comenta Ari. Além do Natal, a rua recebe decoração na época de festa junina e em anos de Copa do Mundo.

A animação dos moradores da Rua do Natal não param por aí. A cada ano, eles realizam uma ceia na própria calçada e aberta à população. Esse ano a intenção do grupo é de substituir a ‘comilança’ por churrasco – espetinho. Refrigerantes, pipoca doce e salgada, também são destinadas a garotada. Até mesmo o ‘Bom Velhinho’ passa pela rua. O Papai Noel faz a animação das crianças e adultos, com fotos e distribuição de balas e pirulitos. “Gostamos disso, de ver nossa rua toda alegre e enfeitada, com esse espírito natalino”, destaca Rogério Lopes.

Os dois aposentados são os próprios responsáveis pela montagem da decoração da rua, que este ano conta até mesmo com um portal metálico (todo revestido em vermelho) no começo da via.

Filha de Rogério, Giovana Lopes, 17, também é uma das entusiasta da decoração. “Eu amo e acho tudo lindo. Procuro ajudar com o que posso. Até fui com meu pai comprar os enfeites para decorar a nossa rua. Até criei uma página no Facebook com registro de fotos, vídeos e novidades sobre o Natal”, relata a jovem. Lançada recentemente a página conta com mais de 150 pessoas.

Perguntado sobre o gasto financeiro para decoração da rua, o trio prefere ressaltar a data comemorativa. “Tem a contribuição de alguns moradores e comerciantes, mas o que vale mesmo é mantermos essa união entre moradores e nossa tradição”, diz Ariovaldo.

Por Vinícius MAIA          

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS