Torcedores do Rio Preto protestam na sede do clube

Um grupo com cerca de 30 torcedores do Rio Preto se reuniu na frente do estádio Anísio Haddad (Riopretão) na manhã desta segunda-feira (12) para protestar contra a direção a clube. Com faixas e cartazes na mão, eles pediram a saída do atual presidente José Eduardo Rodrigues e do presidente do conselho deliberativo Itamar Rubens Malvezzi.

Os cartazes e faixas tinham os dizeres: “Cadê o dinheiro do Romarinho? E o dinheiro do futebol feminino?” e “Estão acabando com o nosso patrimônio. Cadê os 28 apartamentos do clube?”. O ex-conselheiro do Jacaré, Reinaldo Lopes, participou da manifestação e criticou a falta de transparência no esmeraldino.

Dhoje Interior

“Sai do Rio Preto por não concordar com o que foi feito na última eleição. O clube está sendo comandado por duas famílias (Rodrigues e Malvezzi) e eles estão acabando com o Rio Preto. Além dos problemas de gestão, falta um time bom”, afirmou Reinaldo. De acordo com ele, o ex-jogador Branquinho também participou do protesto.

No ano passado, um grupo de sócios ingressou na Justiça alegando irregularidades Assembleia Geral Ordinária realizada em 31 de dezembro de 2018. No entanto, o Tribunal de Justiça confirmou a eleição de Malvezzi e Rodrigues em 2019. A reportagem tentou entrar em contato com o presidente, mas não obteve resposta.

Dentro de campo, o Rio Preto empatou com o Linense em um a um no última sábado (10) e acabou ficando de fora do mata-mata da série A3 do Campeonato Paulista. A equipe encerra sua participação na competição com 16 pontos na 11ª posição.

Por Vinicius LIMA – redação Jornal DHoje Interior