Temer e Bolsonaro defendem união entre os Poderes

Foto Geraldo Magela/Agência Senado

“Não há caminho fora da Constituição”,  defendeu o presidente da República, Michel Temer, em discurso na sessão solene do Congresso Nacional para celebrar os 30 anos da Carta Magna. No evento, realizado na manhã desta terça-feira (6), Temer lembrou a movimentação no Parlamento durante a Assembleia Nacional Constituinte, ressaltando que todas as reivindicações da população foram acolhidas na Constituição.

— Quando o presidente [da Assembleia Nacional Constituinte] Ulysses Guimarães disse que esta é a Constituição Cidadã, ele quis dizer que ela é a Constituição Cidadã na voz e no conteúdo, porque se deu pela voz do povo brasileiro.

Michel Temer defendeu encontro permanente dos chefes dos três Poderes para definir os caminhos do país. E afirmou que momentos como a sessão solene são importantes para recordar a Constituição a fim de preservá-la, “para que daqui a 70 anos estejamos todos aqui comemorando o seu centenário”.

Presidente eleito

Já o presidente da República eleito, Jair Bolsonaro, disse estar feliz em retornar à Casa, após o resultado das eleições. Ele, que é deputado federal, também defendeu a união entre os Poderes e declarou que vai continuar “construindo o Brasil que a população merece”.

— Temos tudo para sermos uma grande nação. Na topografia, existem três nortes, mas na democracia, só um: o da nossa Constituição.

A sessão solene foi o primeiro compromisso oficial no Congresso em que Bolsonaro participou como presidente eleito. Ele e Temer participaram da abertura da sessão, mas foram embora antes do término, para cumprir outras agendas.

Da REDAÇÃO

Fonte: Agência Senado

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS