Solidariedade será o tema na reestreia da banda Nasal Rock

foto Ricardo Boni

Um ditado popular diz que uma boa ação é capaz de gerar muitas outras boas ações. Depois de enfrentar um tratamento contra a leucemia durante meses, o guitarrista Fernando Nasal, da banda Nasal Rock, volta a se apresentar no domingo (2), a partir das 16h, no Quintal Food Park. Além de marcar a volta de um dos músicos mais conhecidos de Rio Preto, o evento será beneficente e uma retribuição de Fernando a todo o apoio que teve durante sua luta contra a doença.

Desde novembro do ano passado, quando iniciou o tratamento, Fernando precisou deixar a guitarra de lado para ir às sessões de quimioterapia, tomar antibióticos e ficar em reclusão para evitar qualquer tipo de infecção. A agenda cheia, na qual sua banda Nasal Rock Trio fazia até 15 shows por mês, foi trocada pela determinação e disciplina em busca da cura. Nesse período, a onda de solidariedade dos amigos e a dedicação de sua família, em especial sua esposa Reviane, o deixaram emocionado, amparado e motivado a seguir em frente. Os acordes foram substituídos por alguns novos hábitos – como cozinhar, por exemplo.

Dhoje Interior

Agora, os ritmos pesados do tratamento estão sendo substituídos por incansáveis horas de ensaios para a reestreia da Nasal Rock Trio, junto com o baterista Jean e o baixista Celvis. Para se preparar, o músico tem se dedicado também a exercícios leves e caminhadas para se preparar fisicamente para os shows.

Para retribuir um pouco do foi recebido em seus dias de luta, Nasal decidiu fazer uma grande festa solidária, convidando seus amigos para comemorar o retorno aos palcos. A entrada é um quilo de alimento não perecível ou um produto de higiene/limpeza que será doado para a Capacc (Casa de Apoio ao Paciente Adulto Carente com Câncer). O cachê do show também será doado para a instituição. “Estou muito empolgado com o nosso retorno e ter a oportunidade de estar bem para voltar a fazer o que eu mais amo, tocar, é motivo de muita alegria. Com certeza será um show inesquecível”, conta Nasal. De fato, Fernando agora conseguirá gerar outras boas ações. (Colaborou: Vinicius LIMA)

 

Da REPORTAGEM