Simpósio orienta especialistas e estudantes da área médica em habilitação de pesquisa

A faculdade de Medicina FACERES e o Hospital Beneficência Portuguesa realizam a partir desse mês o I Simpósio de Integração de Ensino, Pesquisa e Extensão. O Simpósio é uma parceria entre as duas instituições para que profissionais e estudantes da área da saúde possam se habilitar no desenvolvimento de pesquisas de diferentes temas. “A área de pesquisa é bastante consistente dentro da medicina. O evento é uma forma de aplicar desde conhecimentos básicos às técnicas mais apuradas para composição de trabalhos e pesquisas em diversas especialidades”, explica a professora da FACERES e organizadora do Simpósio, Caroline Pacca Mizano.

A primeira e segunda edições do evento vão ser realizadas no mês de abril. Ao longo do ano, serão oito encontros até novembro, quando será feita a última palestra com a conclusão dos temas abordados ao longo do ano. São esperadas cerca de 120 participantes em casa edição do Simpósio.

Na próxima quinta-feira, 05 de abril, será realizado o primeiro congresso do Simpósio com palestras que vão introduzir o conceito de pesquisa aos participantes. A Profa. Dra. Patricia da Silva Fucuta vai abrir os trabalhos com a introdução à Bioestatística, onde vai demonstrar os conceitos básicos da bioestatística. A professora da FACERES dá continuidade no segundo tema do encontro com a simulação da construção de Planilha de Coleta de Dados, que é por meio dela que são analisados cálculos estatísticos na elaboração dos gráficos e tabelas aplicadas às Ciências Biológicas.

Para encerrar o primeiro dia de Simpósio, serão abordadas as principais características aplicadas em estudos epidemiológicos com o: “Delineamento de Pesquisa e Medidas de Associação em Estudos Epidêmicos.

O segundo encontro está marcado para o dia 12 de abril. “Nessa outra edição do simpósio, a intenção é avançar para o desenvolvimento de pesquisas com exemplos de temas atuais para serem desenvolvidos durante o Simpósio”, explica Caroline. Serão abordadas estratégias de pesquisa epidemiológica, em que a coordenadora do Instituto de Pesquisa do Hospital Beneficência Portuguesa, Dra. Raquel Ferrari Piotto, vai definir com os participantes os tipos de estudos e a importância, vantagens e desvantagens de cada um.

O Prof. MSc. Felipe Colombelli Pacca, da FACERES vai encerrar o segundo dia do Simpósio com uma introdução de como adequar a coleta de dados ao instrumento de pesquisa utilizado por meio da elaboração de questionários, entrevistas e instrumentos online.

As primeiras edições do I Simpósio de Integração de Ensino, Pesquisa e Extensão vão ser realizadas nos dias 05 e 12 de abril, a partir das 19h no auditório da FACERES. A entrada é gratuita.

Da REDAÇÃO

SEM COMENTÁRIOS