“Setembro Amarelo” promove a conscientização e prevenção ao suicídio

Gerente do Departamento de Saúde Mental de Rio Preto, psicóloga Daniela Pavan Terada, comenta sobre as ações na cidade

Durante todo o mês de setembro a Prefeitura de Rio Preto promoverá debates e ações gratuitas, expondo a necessidade de discutir e prevenir o suicídio. De acordo com dados divulgados pelo município, mais de uma pessoa tentou se matar desde o início do ano até ontem. Foram 437 pessoas atendidas nas unidades básicas de saúde porque tentaram suicídio. Deste total, 315 são mulheres e 122 homens. O número caiu comparando janeiro a agosto deste ano em relação ao mesmo período de 2016. O município atendeu 566 casos, sendo 408 mulheres e 158 homens.

A cada dia, aproximadamente 32 pessoas resolvem tirar a própria vida no país. Este número chega a ser superior ao das vítimas da Aids e da maioria dos tipos de câncer no Brasil. Somente no primeiro semestre deste ano, sete pessoas se suicidaram em Rio Preto.

De acordo com a gerente do Departamento de Saúde Mental do município, a psicóloga Daniela Pavan Terada, tais ações durante o mês de setembro, já conhecido pela campanha de combate e prevenção ao suicídio, ocorrem numa forma de tentar conscientizar e prevenir a população. “É necessário promover a discussão pública desse tema que é questão de saúde pública e ainda é um tabu. Fazer a prevenção e reflexão sobre o tema, já que nesses tempos de crise, maior estresse, algumas pessoas ficam mais suscetíveis ao suicídio. É necessário buscar ajuda”, comentou.

O foco central é a necessidade de identificação dos sinais que um suicida emite, da prevenção e das ações de apoio ao paciente no interior dos lares e locais de trabalho e, principalmente, o encaminhamento à terapia especializada.

Nas atividades estarão inclusas rodas de conversas, aulas, palestras, teatro e cinema. O objetivo da ação é a conscientização da população a respeito da realidade desse tema, que ainda é considerado tabu pelo país.

Serão 60 encontros promovidos em UBS (Unidade Básica de Saúde), CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), CAPS (Centro de Atenção Psicossocial), associações e espaços públicos, como o Shopping Cidade Norte. A programação completa você pode conferir no Portal DHoje Interior (www.dhojeinterior.com.br).

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Por Priscila Carvalho

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS