Sessão: Câmara recebe projeto que reajusta salário do funcionalismo

Foto Vinicius MAIA

O governo municipal encaminhou para Câmara Municipal de Rio Preto, o projeto de lei que concede reajuste salarial de 5% e benefícios no auxílio alimentação e saúde dos servidores públicos municipais.

O projeto será lido na sessão desta terça-feira (19), no auditório do Legislativo, e uma nova sessão ordinária deverá ser marcada nesta semana para colocar a proposta em votação.

O aumento é válido a partir do primeiro dia de fevereiro e é retroativo. Na sessão da última
terça-feira, o presidente da Casa, Paulo Pauléra (PP), chegou até convocar uma sessão ordinária para leitura do projeto. Mas, a sessão foi cancelada no dia seguinte, devido a não conclusão de redação do projeto.

O valor gasto pelo Executivo com o pagamento da folha salarial dos funcionários é de R$ 38 milhões (mês). Com o reajuste, o impacto na folha passará para R$ 42 milhões. O reajuste vai beneficiar o salário de quase seis mil servidores públicos.

O projeto final encaminhado pelo Poder Público mantém os mesmos valores e benefícios acordados, durante anúncio do prefeito Edinho Araújo (MDB) no dia 1º de fevereiro, sobre o reajuste da categoria. Além do aumento salarial, a Prefeitura concedeu auxílio saúde para os servidores ativos de R$ 350 (R$ 100 – valor fixo; e R$ 250 – valor variável). O benefício
vai abranger 100% dos funcionários, desvinculando da obrigação de se ter convênio médico. A previsão é de que o benefício passe a vigorar a partir de abril.

No auxílio alimentação, o servidor terá o incremento de R$ 100, que passará de R$ 300 para R$ 400. A alteração passa a vigorar a partir do mês de maio referente ao mês de
abril.

 

Por Vinícius MAIA

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS